O amor não é egocentralizado, mas outrocentralizado

O amor não é egocentralizado, mas outrocentralizado

Atualizado: Sexta-feira, 14 Dezembro de 2012 as 8:41

 

É muito comum as pessoas pensarem acerca do que o cônjuge precisa fazer para melhorar o casamento, mas poucas refletem o que podem fazer para melhorar o relacionamento conjugal. É mais fácil pensar que o outro precisa mudar. É mais cômodo exigir que o outro mude. 
 
Esse, porém, é o caminho errado. Devemos reconhecer nossas fraquezas e acentuar as virtudes do nosso cônjuge. Devemos ser pródigos nos elogios e cautelosos nas críticas. Um elogio vale mais do que mil críticas. 
 
Alcançamos resultado mais promissor quando procuramos melhorar; colhemos respostas pífias quando exigimos que o outro mude. O amor não é egocentralizado, mas outrocentralizado. 
 
No relacionamento conjugal é verdade a máxima: quanto mais damos, mais temos; quanto mais plantamos, mais colhemos; quanto mais amamos, mais somos amados!
 
 
por Hernandes Dias Lopes
 

veja também