O certo e o errado na criação dos filhos

O certo e o errado na criação dos filhos

Atualizado: Segunda-feira, 18 Julho de 2011 as 1:30

Acertar na criação dos filhos é tudo o que as mães querem. Só que, cheias de dúvidas, muitas se desesperam, gritam, se omitem e até batem na tentativa de dar o melhor de si mesmas. Porém, o ideal é se informar, conversar e, sobretudo, refletir bem antes de tomar qualquer atitude. "Os erros mais comuns são agredir, rejeitar e dar mau exemplo, como estimular a falta de respeito e ética. Outro erro é ensinar hábitos nocivos como beber, fumar, brigar ou mentir", afirma o mestre em psicologia Caio Feijó, autor do livro Pais Competentes, Filhos Brilhantes (Editora Novo Século). Veja algumas atitudes que você deve evitar para ter filhos bem criados.

1. É necessário falar com os filhos sobre sexo em todas as fases? Sim, em todas as fases do desenvolvimento (claro que não dá para falar de desejo com uma criança muito nova). No entanto, os pais não devem se surpreender ao descobrir que os filhos sabem mais do que eles. Hoje, existe a internet, que esclarece todas as dúvidas de maneira muito rápida. Resta aos pais preservar os valores humanos, como o respeito, por exemplo.

2. Como agir quando a filha não está se valorizando, sai cada dia com um rapaz, usa roupas ousadas e diz que isso tudo é normal? Adianta brigar? Brigar e ameaçar não resolvem nada. Debochar, muito menos, porque isso só vai constranger a filha. O recomendado é fazer terapia em família para resgatar os valores distorcidos e, assim, fazer com que a menina recupere seu amor-próprio.

3. A mãe desconfia que a filha esteja mentindo e a segue. Não é invasão de privacidade? Não. Tentar saber o que a filha faz com o objetivo de protegê-la, principalmente se ela ainda é criança ou pré-adolescente, é obrigação da mãe. No entanto, caso você perceba que sua filha fala a verdade e não corre riscos, conte a ela, peça desculpas e confie mais. Porém, se descobrir uma mentira, é essencial identificar a causa.

4. A filha quer largar os estudos e a mãe sonha que ela faça faculdade. O que fazer nesse caso? Algumas profissões, como a de modelo, esportista ou na área de música, podem render muito mais do que outras que exigem diploma. Se a filha estudar só por vontade dos pais, pode não se adaptar ao trabalho. A melhor saída nesse caso é buscar orientação vocacional para ela.

5. A mãe quer para as filhas o que deseja para si. Como isso afeta as crianças e adolescentes e como resolver isso? Os pais precisam ter suas próprias vidas e respeitar os filhos para que sigam seu caminho com amor e segurança.

fonte: M de Mulher

veja também