O orgulhoso está sempre equivocado

O orgulhoso está sempre equivocado

Atualizado: Terça-feira, 3 Junho de 2008 as 12

O orgulhoso está sempre equivocado

O orgulho é um sentimento egoísta, uma admiração pelo próprio mérito, excesso de amor-próprio; arrogância, soberba e imodéstia. O primeiro sentimento ruim a nascer em Lúcifer.

No Antigo Testamento, encontramos documentada a história de satanás, que indica que este foi criado por Deus como um anjo governante chamado Lúcifer, com grandes poderes. O orgulho, porém, o levou a se rebelar contra Deus (conforme Isaías 14:12-14; Ezequiel 28:12-15). Arrasado pelo pecado, Lúcifer é transformado em satanás. O nome significa inimigo ou adversário, e satanás é um poderoso anjo decaído, intensamente hostil a Deus e antagonista do povo de Deus.

Em provérbios 6:17 as Escrituras Sagradas revelam que Deus detesta o orgulho. Isso merece a atenção do homem, pois no mesmo livro, um pouco mais à frente, no capítulo 20:32, consta que o orgulho é totalmente sem fundamento e, portanto, estúpido e irracional. Ainda em Provérbios, parece que Deus quis deixar bem clara para o homem uma série de avisos com respeito a esse sentimento. No capítulo 3:7, é dito que a pessoa orgulhosa é sábia aos seus próprios olhos.

É importante lembrar que Deus destruiu Sodoma e Gomorra devido o orgulho daquele povo. A prostituições e outros pecados, vieram depois como conseqüência.

Uma pessoa orgulhosa só consegue se libertar desse sentimento se for capaz de reconhecê-lo, pois fica naturalmente camuflado. Dificilmente um orgulhoso reconhecerá que o é. Quando alguém reconhece sua própria responsabilidade pelo pecado, evita a ilusão de ser algo quando não é (Gálatas 6:1-5).

Pedir a Deus humildade é um começo, mas é certo que o Senhor prova a cada um segundo o seu coração. Existem pessoas que respiram tanto orgulho que a dor e a humilhação parecem ser o único meio pelo qual a humildade pode ser aprendida.

O Senhor sempre estará aberto para receber o clamor de seu povo. “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.” (2 Crônicas 7:14)

veja também