O poder abençoador das palavras

O poder abençoador das palavras

Atualizado: Terça-feira, 2 Setembro de 2008 as 12

"Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem". Ef 4:29

O apóstolo Paulo quando escreve aos Efésios é bem claro ao expressar a importância de utilizarmos nossa palavras para algo bom. Para a igreja do Senhor Jesus nos dias de hoje é imprescindível perceber o poder das palavras proferidas e vigiar para que nossos lábios sejam fonte de benção.

Veja que o versículo pontua duas funções das palavras que saem da nossa boca, são elas:

Boas para edificação:

Palavras tem poder para contruir e dar vida. Gn 1 e Pv 18:21. Palavras são alimentos. Pv 18:20 Da mesma maneira que a mentira alimenta para o mal, a verdade alimenta para o bem. Palavras consertam e curam. Pv 11:18, 16:24 e Hb 12:11. Palavras são sacrifício de Louvor. Hb 13:15. Transmissoras de graça:

Palavras abençoam. Sl 45:2. Palavras geram bons relacionamentos. Pv 22:11. Palavras suprem necessidades. At 4:33 e 34. Palavras são canal para a operação de milagres. At 14:3. Uma vida de adoração não combina com uma boca que amaldiçoa. Se somos para o louvor da Sua glória, falemos para o louvor da Sua glória. A ordenança é: Sê tu uma benção!!!

veja também