O que é dinâmica de grupo e como se sair bem em uma?

O que é dinâmica de grupo e como se sair bem em uma?

Atualizado: Terça-feira, 29 Dezembro de 2009 as 12

O telefone toca em sua casa e você corre logo para atender. Afinal, está aguardando ansioso por um chamado da empresa para onde enviou o seu currículo. Esta é a sua primeira oportunidade de ingressar no mercado de trabalho. Será mesmo um chamado?

Ao atender, você não agüenta de ansiedade. Porém, logo a alegria vira preocupação: a pessoa que ligou convidou-o para uma dinâmica de grupo. E agora, o que será isso?

Análise de comportamento em equipe

A dinâmica de grupo tem alguns objetivos, dependendo da empresa em questão. Um deles é abreviar, na medida do possível, o processo seletivo, já que o número de candidatos é sempre bem maior do que o de vagas. A outra finalidade é poder acompanhar a reação dos candidatos diante de um grupo.

O número de pessoas pode variar um pouco, mas geralmente não passa de 15 candidatos. Caso contrário, seria necessário muito controle para manter o ambiente em condições adequadas de avaliação.

Lembre-se que se trata apenas de uma das etapas. Ser aprovado numa dinâmica não significa que a vaga já é sua. Você poderá ser convidado para uma entrevista ou mais e, quem sabe, para testes práticos também. Este pode ser apenas um começo!

Como funciona uma dinâmica de grupo?

Existem várias maneiras de organizar este processo seletivo. A mais tradicional é a realizada por meio de um "bate-papo" entre os candidatos e os selecionadores. Em geral, haverá a presença de um profissional que direcionará a dinâmica, e outro que ficará encarregado de avaliar o desempenho de cada candidato, anotando os resultados individuais.

Os assuntos são os mais variados possíveis, com o objetivo de medir conhecimentos gerais, avaliar seu comportamento diante do público e, principalmente, sua coerência e capacidade de improvisar sob certa pressão.

Existe ainda a técnica da dramatização: o grupo recebe um tema e deve vivenciar uma situação próxima da realidade. Cada um dos integrantes interpreta um papel. Um exemplo: o grupo deve simular uma negociação entre clientes e fornecedores. Desta forma, o avaliador poderá perceber as aptidões de cada um nesta situação.

Outro tipo de dinâmica é a realizada por meio de tarefas manuais determinadas pelo selecionador. Ele fornece matéria-prima e pede que o grupo, com este material, desenvolva algo, como uma maquete de indústria, por exemplo.

Todo o processo é acompanhado de perto: durante o desenvolvimento da tarefa, o selecionador poderá, com facilidade, perceber quem possui perfil de liderança (dando as primeiras coordenadas de como poderão começar), organização, realização ou acomodação (aquele que fica esperando os outros decidirem para então colocar a mão na massa).

Cada empresa cria seus métodos, adaptados, claro, à sua realidade e ao que precisam encontrar no profissional: podem simular técnicas de vendas, promover competições entre dois grupos etc. O objetivo é oferecer condições para uma análise adequada de comportamento.

Como você pode se preparar?

Para se destacar em uma dinâmica, você precisa, em primeiro lugar, manter a calma. Controle seus nervos e sua timidez. Quanto ao preparo, informe-se sobre a empresa, leia bastante e mantenha-se atualizado. Isso irá lhe dar um pouco mais de autoconfiança.

Não queira aparecer demais! Como a comparação entre os candidatos será feita diante de uma equipe, evite o instinto de querer chamar a atenção. Procure ser participativo, mas não exagere na dose. Não opine demais, muito menos critique muito alguma situação abordada ou algum membro do grupo.

A cautela é válida sempre, ainda mais se o assunto discutido pelo grupo for muito polêmico, como política ou futebol, por exemplo. Evite os discursos exagerados e contenha-se.

Como em vários momentos de nossa vida, você deverá usar de bom senso para que possa garantir bons resultados. Mantenha-se seguro, e vá à luta!

Por: Waldeli Azevedo

veja também