O que esperar do primeiro ano do bebê?

O que esperar do primeiro ano do bebê?

Atualizado: Segunda-feira, 29 Novembro de 2010 as 12:50

Não é só o bebê que aprende coisas novas todos os dias. Você, pai e mãe de primeira viagem, também não descobre, sempre, algo novo sobre o desenvolvimento do seu filho? Duas pediatras norte-americanas, Laura Jana e Jennifer Shu, reuniram tudo o que acontece no primeiro ano do bebê e escreveram um guia para novos pais, com o sugestivo título de Voltando para Casa com o Seu Bebê - Do Nascimento à Realidade, Ed.WMF Martins Fontes (R$ 49,80). Você vai entender porque não precisa se preocupar tanto com os soluços da criança, e que a melhor posição para dormir é de barriga para cima. O livro traz ainda algumas curiosidades. Selecionamos algumas delas:

Vontade de mamar

“Os recém-nascidos têm um instinto impressionante e inato para mamar. Foi demonstrado que têm a incrível capacidade de se mover da barriga à mama da mãe, em busca do alimento, poucos minutos antes de nascer.”

Cocô do bebê

“É importante distinguir a quantidade certa. Para ajudá-la a discernir entre o que é saudável (mesmo em forma de jato furioso) e o que coloca o bebê em risco, médicos especializados nos cuidados com o recém-nascidos sugerem a seguinte regra: sempre que o cocô da criança se tornar mais aguado ou ultrapassar a quantidade de mamadas, está na hora de procurar um médico.”

Leite regurgitado

“Convença-se de que não importa se o leite regurgitado está talhado ou 'estragado'. A aparência talhada apenas revela que o estômago do bebê já começou a processar o conteúdo do estômago antes de ser expelido, nada mais.”

Primeiro choro

“A maioria dos bebês não derrama uma só lágrima no primeiro mês – não por falta de tentativa, mas porque as glândulas lacrimais ainda não estão completamente desenvolvidas. Embora você possa não gostar exatamente do choro do bebê (pelo menos dos que se seguem ao da sala de parto), pode ficar com os olhos marejados quando seu filho chorar com lágrimas verdadeiras pela primeira vez.”

Trocas de roupa por dia

“Uma roupa por dia... não basta para a maioria dos bebês. Se comprar roupas esperando que o bebê use uma por dia, nossa previsão é que você as lavará com muita frequência. Levando em consideração regurgitações e vazamentos de fraldas, conte usar pelo menos duas trocas de roupa por dia (se não três, talvez quatro).”

veja também