O tempo virou. E como fica a saúde das crianças?

O tempo virou. E como fica a saúde das crianças?

Atualizado: Terça-feira, 2 Março de 2010 as 12

A mudança brusca da temperatura prejudica a saúde das crianças. Confira o que você pode fazer para amenizar problemas mais comuns que podem surgir com o seu filho

Depois do forte calor dos últimos meses, o tempo mudou bruscamente. O clima de inverno chegou com direito a vento gelado e queda da umidade do ar. Quem mais sofre com essas oscilações na temperatura são as crianças. Nessa época do ano, o movimento nos hospitais dobra. As principais queixas são tosse, espirro, nariz entupido, conjuntivites e dor de garganta. Segundo Hamilton Robledo, pediatra do Hospital São Camilo (SP), os quadros mais comuns são os recém-nascidos com obstruções nasais e as crianças com resfriados, laringites e quadros alérgicos.

Alimentos ajudam a prevenir a gripe (inclusive a suína) na sua família

Para ajudar você a amenizar os problemas mais frequentes que costumam aparecer, selecionamos 10 dicas infalíveis do que fazer e do que é melhor evitar. Confira:

Dê muito líquido para as crianças; Não leve seu filhos a lugares com aglomeração de pessoas; Evite ambientes fechados; Deixe sua casa ventilada; Lave roupas, edredons, cobertores e casacos que estiverem guardados há muito tempo, porque podem ter acúmulo de poeira; Evite sair com as crianças no fim da tarde porque a queda brusca na temperatura e o sereno são mais intensos nessa hora do dia; Se o nariz do seu filho estiver obstruído, faça higiene nasal com soro fisiológico; Uma inalação só com soro ajuda a fluidificar a mucosa respiratória caso a criança esteja gripada; Ligue para o pediatra caso perceba algum sinal de desconforto respiratório na criança. E nunca medique o seu filho por conta própria. Fontes: Francisco Lembo Neto, pediatra do Hospital Samaritano (SP), Hamilton Robledo, pediatra do Hospital São Camilo (SP) / Revista Crescer

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também