Parto: fatores que aceleram a chegada do bebê

Parto: fatores que aceleram a chegada do bebê

Atualizado: Quinta-feira, 16 Dezembro de 2010 as 2:25

Bateu a casa das 40 semanas e nada de entrar em trabalho de parto? É, isso é mais normal do que pensamos. Das 330 pacientes da obstetra Andrea Campos, mais de um terço entrou em trabalho após a 40ª semana, e 45 delas (cerca de 13%) após a 41ª semana de gestação. Quando passa da hora, o bebê é monitorado para garantir que está tudo OK: a regularidade dos batimentos cardíacos, a integridade da placenta e a quantidade de líquido amniótico. Os movimentos fetais também são importantes para avaliar o bem-estar da criança. A partir da 41ª semana o parto já pode ser induzido. Inicialmente, o recomendável é que a indução seja feita por métodos naturais. Exercícios físicos ajudam bastante; por isso, caminhe. E faça sexo! Isso mesmo: transar apressa a chegada do bebê. Outras opções são a acupuntura e o descolamento da bolsa d’água, que libera o hormônio prostaglandina, responsável por preparar o colo do útero para o trabalho de parto e provocar contrações. Se elas não começarem, a indução pode ser feita com o hormônio ocitocina tomado na veia. Se seu parto passou da hora, tente relaxar e siga as orientações do seu médico. E calma: ele já vem, só está um pouco atrasado. Prepare-se para uma chegada triunfal, agora falta pouco.

veja também