Pedir perdão e perdoar é mostrar ao filho o caminho

Pedir perdão e perdoar é mostrar ao filho o caminho

Atualizado: Segunda-feira, 1 Novembro de 2010 as 11:05

"Pedir perdão é colocar remédio na ferida causada na alma do outro "

Qual é o pai que não erra com o filho no exercício da sua missão como educador? O reconhecimento do erro é a atitude daqueles que vivem na busca da excelência. Lembre-se que o perdão é a possibilidade da convivência harmoniosa. No relacionamento com os filhos, quando os pais não praticam a arte de perdoar e de pedir perdão, os canais de comunicação são bloqueados e o diálogo morre.  E onde há silêncio falta perdão. O silêncio afasta os próximos, causa estranheza nos conhecidos e cria suspeições.

É perdoando que os pais ensinam o filho a perdoar. É pedindo perdão que os filhos aprendem a reconhecer os seus erros. É comum para você pedir perdão aos filhos sempre que necessário? É comum para você também perdoá-los? Os seus filhos têm um coração "perdoador" porque aprenderam o valor do perdão com você?  

Alguns erros comuns que os pais às vezes cometem:

1) Dar bronca no filho na hora do almoço. A reunião da família em torno da mesa é um tempo sagrado, único para comunhão. Qualquer tipo de disciplina deve ser ministrado no lugar apropriado.

2) Corrigir o filho de forma agressiva na frente dos amigos, expondo-o à vergonha.

3) Não dar ao filho o direito de perguntar ou expor o que pensa.

4) Aplicar a disciplina sem saber ao certo o que aconteceu.

5) Não cumprir aquilo que prometeu.

6) Ofender a mãe (o pai) dele.

7) Exigir além do que o filho pode oferecer.

São erros como esses que devem levar os pais a pedir perdão ao filho. Infelizmente, muitos têm dificuldades de pedir perdão porque essa prática não existia em sua família de origem, pois seus próprios pais nunca reconheciam ou admitiam o seu próprio erro.

A melhor forma de ensinar o seu filho a pedir perdão é sendo um exemplo para ele. Você pede perdão ao seu filho (a) sempre que necessário? Você se lembra qual foi a última vez que isso aconteceu?

Em uma casa onde reina a graça de Deus, o perdão é praticado e a unidade da família, preservada. Quando falta perdão, o relacionamento entre pais e filhos fica fragilizado, a família perde a confiança e ninguém caminha com liberdade dentro dessa casa. Pedir perdão e perdoar é amar incondicionalmente e oferecer aquilo que o outro não merece: é graça, favor, bondade. O perdão é a única maneira de fazermos uma faxina no coração e reconstruirmos aquilo que foi destruído.

Quando pais e filhos pedem perdão e se perdoam, eles mantêm abertos os canais por onde flui a vida de Deus na família. A manutenção da comunhão da família depende da predisposição de cada membro em perdoar uns aos outros no temor de Cristo. É a partir do perdão incondicional que pais e filhos criam um ambiente emocional positivo, o qual contribui para o crescimento de todos. Quando errar, não se esqueça de pedir perdão.

Pr. Josué Gonçalves   é terapeuta familiar, escritor e conferencista internacional. Bacharel em Teologia pelo IBAD - Instituto Bíblico das Assembléias de Deus, com especialização em aconselhamento pastoral e terapia de casais.

Acesse   www.familiaegraca.com.br  .

veja também