Pele masculina é oleosa e envelhece mais tarde

Pele masculina é oleosa e envelhece mais tarde

Atualizado: Segunda-feira, 11 Agosto de 2008 as 12

Que pele não é tudo igual, disso nós sabemos. Mas você sabia que a pele masculina é normalmente mais oleosa que a feminina? O dermatologista Marcelo Bellini, graduado pela Universidade de São Paulo, explica o motivo: os homens costumam ter os poros mais dilatados, aumentando a tendência à oleosidade, e ficam mais freqüentemente expostos à luz solar por praticarem mais atividades ao ar livre e usarem menos filtro solar que as mulheres.

Com a pele mais oleosa, a tendência à acne também é maior. Na adolescência, o aparecimento de espinhas e cravos é mais freqüente, mas é preciso tomar cuidado: se o tratamento não for adequado, pode deixar marcas ou cicatrizes. Uma dica é preferir sabonetes à base de ácido salicílico ou peróxido de benzoíla e produtos em gel contendo ácido retinóico.

Muitos homens deixam de cuidar da pele durante a juventude, e é na fase adulta que vão perceber o erro. Aos 40 anos, a pele masculina começa a mostrar os efeitos do sol e da falta de hidratação, e podem surgir manchas e marcas de expressão, além dos famosos (e nem sempre charmosos) "pés-de-galinha". A hidratação para o homem que tem pele muito oleosa deve ser feita com produtos em gel ou fórmulas oil-free, mas não pode ser dispensada.

Mesmo com todos os cuidados, não podemos fugir dos efeitos do tempo. Para clarear e revitalizar a textura da pele, o especialista indica tratamentos com peeling químico ou de cristal, laser para as manchas e infravermelho associado à radiofreqüência para estimular o colágeno e reduzir a flacidez.

Até os 60 anos, a queda dos hormônios nas mulheres faz a pele passar por várias transformações. Para os homens, essa mudança não é tão dramática porque eles conseguem manter os níveis hormonais mais estáveis e, mesmo durante a andropausa, a pele não é muito afetada. Nessa época, o que pode acontecer é a perda de massa muscular, que causa flacidez.

Como a nutrição também influencia muito na aparência da pele, é essencial manter uma alimentação balanceada e rica em vitaminas durante toda a vida. Na velhice, pode ser necessário o uso de suplementos vitamínicos. Mas lembre-se que qualquer tratamento estético, dermatológico ou nutricional deve ser feito com acompanhamento médico, e tenha em mente que o melhor remédio para o envelhecimento da pele ainda é o filtro solar.

veja também