Perdendo a sua casa

Perdendo a sua casa

Atualizado: Quinta-feira, 16 Maio de 2013 as 10:40

 

família(Juízes 11:30) E Jefté fez este voto ao Senhor:“Se entregares os amonitas nas minhas mãos, aquele que estiver saindo da porta da minha casa ao meu encontro, quando eu retornar da vitória sobre os amonitas, será do Senhor, e eu o oferecerei em holocausto”.
 
Difícil entender um voto desse não é ? Principalmente quando a primeira pessoa que saiu da casa de Jefté para se encontrar com ele foi a sua filha única que ele amava!
 
Jefté era homem valente que Deus honrou quando entregou nas suas mãos os Amoninas, afligindo-os uma terrível derrota. Por mais absurdo que parece esse voto, entendo que se esta nas escrituras, é porque podemos tirar alguma lição.
 
Analisando o personagem de Jefté, descobrimos um homem que desde o nascimento dele, teve uma desvantagem sendo ele filho de uma prostituta. Mas tarde, os seus irmãos, filhos de outra mãe, o rejeitaram declarando que não herdaria a herança do pai. Devido a essa situação , Jefté lutou sua vida toda desenvolvendo-se como um grande guerreiro.
 
Mas que referência tinha recebido sobre família ?
 
Embora Deus tivesse levantado Jefté para vencer contra os Amonitas, esse desequilíbrio familiar lhe custou muito caro. Jefté estava sem por cento focado na sua guerra e tarefa missionaria e Deus estava com Ele mas… Qual era o seu grau de preocupação para sua própria casa?
 
Após empenhar a sua palavra de entregar como holocausto a primeira pessoa que sairia ao seu encontro após a batalha, apareceu a sua filha amada com tambores e dançando de alegria.
 
Ao vê-la chegar, o mundo de Jefté desabou!
 
As nossas prioridades e tempo que disponibilizamos para realizar certas tarefas demostram o valor que demos para elas. A supervalorização de uma missão, embora ser importante, fez que Jefté se esquecesse totalmente da única filha que ele gerou.
 
Já vi “filhas” de pastores apresentadas em “holocausto” e ” sacrificadas ” porque líderes estavam tão ocupados com suas tarefas,( mesmo Deus estando com eles ). Essas “filhas” terminaram afastadas e longe do caminho do Senhor porque o foco permanente do pai era vencer os ” Amonitas ” enquanto isso… Filhas se desviam do caminho. Isso não é pior que o holocausto de Jefté !
 
O sucesso de um ministério ou da sua vida financeira e conquista da vida jamais justificarão o fracasso da sua casa. Acredito que Jefté não tinha referencia nenhuma sobre o que é uma linda família ,devido ao seu passado, porém nós, casados(as) e com filhos ou esposas(os), temos a sabedoria e conselhos da palavra de Deus !
 
(Marcos 8:36) Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma..
 
Mas podemos salvar ” o mundo todo ” e perder a nossa família por não dar para ela o valor devido. Procure achar um equilíbrio nas tarefas e missão que você se envolve. Pode ser que essa mensagem seja um aviso para que evites perder aquilo que no fundo jamais desejas perder. E se um esposo,esposa ou filhos se afastaram de Deus ,criando conflitos em casa em grandes proporções, o que fazer ?
 
Busque equilíbrio valorizando os seus familiares e reconquistando-os. É impossível AMAR sem se DAR.
 
Lhe pergunto ? O que o Eterno tinha a ver com o voto estúpido de Jefté ? Nada !
 
Embora Daví ser o homem segundo o coração de Deus e tremendo guerreiro, a sua história não demostrou ser um bom pai. O que Deus tinha a ver com isso ? Nada.
 
Homens de Deus, o Eterno cuidará das suas batalhas e lutará contra os seus ” Amonitas ”, mas a sua missão é cuidar da sua familia e se dar para ela para que amanhã não venha a ser holocausto.
 
UMA ORAÇÃO PARA HOJE:
 
Senhor, retomo o sacerdócio que perdi na minha casa. Ajuda-me a recuperar aquilo que já perdí ou aquilo que estou perdendo. Quero harmonia, paz e perfeita unidade no meu lar. E a mudança começa por mim, valorizando aquilo que me confiaste para cuidar.
 
Amém.
 
 
- Pr Chris Durán.

veja também