Pornografia: Uma imagem degradante

Pornografia: Uma imagem degradante

Atualizado: Quinta-feira, 26 Março de 2009 as 12

A pornografia fere os sentidos e a sensibilidade dos cristãos. A Palavra de Deus nos adverte a vivermos uma vida santa e moral (Lv 18;19;1 Co 6.9) e a respeitarmos todas as criaturas do Senhor.

A pornografia consiste não só em material de sexo explícito, mas também no abuso de drogas e violência. Seu mais devastador aspecto é a falsa apresentação de mulheres e crianças como objetos sexuais que, supostamente, gostam de brutalidade e violência. Ela expõe imagens que se opõem ao conceito bíblico de sexualidade e mostra uma intimidade sexual degradante e irreal; e aprova o comportamento destrutivo e anti-social. O seu uso age como droga na moralidade.

Um problema moral, a pornografia subordina e explora o plano de sexualidade orientado por Deus e encoraja práticas sádicas e violentas. Acrediatr que a pornografia não oinfluencia o comportamento é ingênuo e irresponsável. O nosso sistema educacional tem mostrado que o que lemos ou vemos modela crenças e comportamentos. As crianças, em razão de sua impressionabilidade e pequena capacidade de discernimento, precisam de especial proteção contra todos os tipos e formas de pornografia.

Qualquer que seja a forma, a pornografia denigre o ideal de Deus (Ef 4.17-19). Os cristãos são incentivados a procurar - mesmo ao "meditar" - tudo o que é verdade, respeitável, justo, puro, amável e de boa fama (Fp 4.8)

veja também