Preparativos para o casamento costumam tirar o sono das noivas

Preparativos para o casamento costumam tirar o sono das noivas

Atualizado: Sábado, 11 Abril de 2009 as 12

"Me sinto a própria Gata Borralheira. O meu dia de Cinderela chegará, afinal o príncipe já encontrou meu sapatinho. O que a história não conta, é que até o final feliz - quando a Gata Borralheira se torna Cinderela, vestida de noiva e com o reino todo assistindo ao seu casamento -, é ela quem tem de preparar tudo sozinha!" O desabafo é da consultora de marketing e atriz Patrícia Marjorie, 28 anos. A um mês de seu casamento, ela corre contra o tempo e tenta acertar todos os detalhes para que tudo saia perfeito no grande dia. Lidar com a pressão da organização de uma grande cerimônia e com as incertezas da mudança de vida que se aproxima é um verdadeiro desafio para as futuras esposas.

Patrícia está longe de ser a única passando por todo esse estresse. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) de 2007, feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (BGE), por ano são celebrados em todo o Brasil pouco mais de 800 mil casamentos. Fazendo as contas, chega-se à média de um matrimônio a cada 40 segundos. Porém, o que deveria ser um momento de fazer planos e sonhar com o futuro pode se tornar um verdadeiro pesadelo. "Quando uma noiva começa a preparar a cerimônia, ela quer tudo do seu jeito, como sempre sonhou. Conseguir fazer com que tudo saia exatamente como o esperado pode dar muito trabalho", avisa a cerimonialista Cristiane Faustino, que há nove anos ajuda a organizar festas de casamento.

Quando começou a pensar na sua cerimônia, há quase um ano, Patrícia decidiu que faria de tudo para controlar o estresse. "Para não ficar muito complicado, eu tratei as coisas mais caras e complicadas com bastante antecedência. Agora, na reta final, ficaram os pequenos detalhes. Eu só não imaginava que eles dariam tanto trabalho", conta a noiva. A preocupação às vésperas do grande dia tem sido tanta que ela passou a ser menos rigorosa nos preparativos. "Antes, eu observava os mínimos detalhes. Agora, fiquei pragmática. Tento o que é possível. Se não é exatamente o que eu queria, paciência. Nessas horas, por mais que o noivo ou os amigos ajudem, acaba tudo ficando por nossa conta", explica.

O estilista Fernando Peixoto é responsável por um dos itens mais importantes de toda a cerimônia de casamento: o vestido da noiva. No dia a dia, ele precisa lidar com a indecisão das noivas. "Há casos em que, no último dia, elas resolvem alterar tudo. Há outras que, cada vez que vêm fazer uma prova, mudam de ideia. Geralmente, isso ocorre porque a noiva quer de um jeito, a mãe de outro e as amigas de outro. Aí, temos de ter muita paciência para que ela faça a melhor escolha e fique feliz com o resultado", diz Fernando.

Para ele, a roupa da noiva é carregada de sentimentos. Por isso, as mulheres com casamento marcado se preocupam tanto com esse detalhe. "Quando falamos em vestido de noiva, não falamos de uma simples roupa, mas de um sonho. Nosso trabalho é pegar esse sonho e transformá-lo em algo bonito para ser usado no dia do casamento", completa. Atenção e paciência são fundamentais para diminuir a ansiedade da cliente. "Ouvir é essencial. Muitas vezes, elas estão tão nervosas com a mudança de vida que o simples fato de pararmos para escutá-las ajuda a contornar essa angústia."

Prioridades

A dica da cerimonialista Cristiane Faustino para que a combinação de ansiedade e estresse não torne os dias que antecedem o casamento um verdadeiro tomento é planejar tudo com o máximo de antecedência. "Para os noivos não terem uma surpresa desagradável no dia da cerimônia, é importante estar atento. Fazer um check-list de tudo que será necessário é fundamental, pois, assim, podem ser definidas prioridades do que deve ser feito primeiro", orienta. Segundo ela, detalhes como o buffet, a igreja e quem produzirá as fotografias devem ser agendados com pelo menos oito meses de antecedência. "Outras coisas, como a entrega de convites e a lista de presentes, podem ser deixadas para dois meses antes", detalha.

A estudante Kelly Julien, 26 anos, conseguiu passar sem grandes problemas por essa etapa. Casada há cerca de dois meses com André Sales, 28 anos, ela tem boas lembranças de sua festa. "Claro que sempre tem um certo estresse, mas no meu caso foi tranquilo. Deu para aproveitar bem os momentos mais gostosos, como a prévia das fotos, momento que eu e o André tivemos para curtir um ao outro antes do casamento", lembra. Mesmo com a relativa facilidade, ela admite que foi um período complicado. "Eu tenho de ser eternamente grata à minha mãe, que deu uma superajuda. Se não fosse ela, acho que não teria conseguido. Mesmo com todo o estresse, vale muito a pena", garante.

Os especialistas lembram que, mesmo ocupados com os preparativos, os noivos precisam se lembrar que se trata apenas de um dia, e que depois dele ainda há uma vida inteira. "As pessoas esquecem que ali começa uma nova fase da vida. É muito importante estar bem, começar com um bom astral a vida de casado", comenta Kelly, que depois do casamento passou lua de mel em Cuba. "Na festa foi tudo bem, nos divertimos muito. E a lua de mel foi melhor ainda. Tudo como planejamos", comemora a estudante, mostrando que está no caminho certo para atingir o objetivo de viver "feliz para sempre".

Dicas

Organização é fundamental para que tudo dê certo no dia do casamento. Confira com que antecedência cada detalhe deve ser definido

Oito meses

Reserve a igreja ou casa de festas Marque o curso de noivos Agende cabeleireiro e maquiador para o dia do casamento Seis meses

Convide os padrinhos, tanto do casamento religioso, quanto do civil Contrate orquestra, coral ou cantores para a cerimônia Se optar pela presença de pajem e daminha, convide-os Quatro meses

Contrate o buffet e mande imprimir os convites Revise a lista de convidados Compre o sapato que vai usar no casamento e decida-se pelo vestido Noivo: escolha o traje e reserve-o para a cerimônia Três meses

Comece a dar andamento aos proclames do casamento civil Marque exames pré-nupciais Faça as reservas da lua de mel Dois meses

Prepare a lista de presentes Providencie o bolo e as lembrancinhas 45 dias

Comece a distribuir os convites, com no mínimo 30 dias de antecedência. Um mês e meio é o período ideal para que os convidados se organizem Pode ser interessante organizar um chá de panela ou mesmo um chá de lingerie 30 dias

Telefone para todos os fornecedores, confira os mínimos detalhes e esclareça dúvidas Confira todas as peças do seu enxoval, lave-as e guarde-as 20 dias

Reserve a grinalda, luvas, joias, sapatos, tudo que você não pode esquecer no dia da cerimônia Escolha uma pessoa de confiança que ficará responsável por devolver o vestido e o traje do noivo, se alugados, no dia seguinte à cerimônia Dê algumas voltas com o par de sapatos pela casa para amaciá-lo e evitar que ele machuque seus pés no dia do casamento 10 dias

Entre em contato com o buffet e confirme o número exato de convidados Três dias

Época de fazer a última prova do vestido Marque um teste de cabelo e maquiagem no salão de sua preferência Deixe arrumadas as malas para a viagem, nos mínimos detalhes Os trajes da cerimônia já devem ser retirados da loja Véspera

Confirme a reserva do hotel para a noite de núpcias Certifique-se de que seu noivo colocou no bolso do paletó as alianças para o momento da cerimônia Termine de arrumar as malas e tranque-as Procure deitar cedo para que sua aparência fique mais bonita

veja também