Primeiro amor: Esse sentimento pode ser único e insubstituível?

Primeiro amor: Esse sentimento pode ser único e insubstituível?

Atualizado: Quarta-feira, 18 Fevereiro de 2009 as 12

Em qualquer idade, um grande amor gera muitas expectativas, mas o primeiro relacionamento é capaz de deixar marcas para toda a vida. Na juventude, todos os sentimentos parecem aflorar com mais força e cada momento é vivido com toda intensidade. Mas, nessa fase, muitos jovens se questionam sobre a possibilidade de o primeiro amor durar para toda a vida.

A força desse sentimento é mesmo indiscutível. Entre tantas descobertas, o amor se transforma numa fonte de sonhos e infinitas realizações. Ao encontrar aquela pessoa especial, que compartilha dos mesmos valores e interesses, é natural que surja grande esperança de que seja para sempre. Mas será que esse sentimento pode mesmo ser eterno?

É claro que cada história é única, mas segundo a advogada Vera Gomes, 35 anos, a chegada do primeiro amor, há quase 20 anos, marcou o início de uma vida que se desenrola até hoje entre algumas dificuldades, dois filhos lindos e um relacionamento baseado em cumplicidade e muito carinho.

"Com o apoio da família, fomos construindo nosso relacionamento com um passo de cada vez. A única certeza que sempre tivemos é de que nosso amor seria para sempre. Assim, fomos vencendo as dificuldades e a falta de experiência e crescemos juntos, com muito respeito e companheirismo. Nunca senti falta de nada. Sempre me senti completa ao lado dele", conta Vera.

Mas não pense que essa história é necessariamente uma exceção, a administradora de empresas Carla Monteiro, 29 anos, vem provar que histórias como essa podem acontecer com mais freqüência do que muita gente imagina. "Nos conhecemos pela internet e desde então não nos desgrudamos mais", relembra. Aos 18 anos, a moça não esperava encontrar tão cedo o verdadeiro e maior amor da sua vida. Entretanto, a relação que começou com uma simples amizade, foi se revelando um sentimento muito especial.

"Namoramos por sete anos, nos formamos, construímos nossas vidas juntos e hoje estamos casados. É muito bom ter alguém para dividir os momentos mais importantes da minha vida e ter a certeza de que o melhor ainda está por vir", comemora.

Segundo as entrevistadas, o segredo para ter certeza de que, apesar da falta de experiência, é possível ser feliz para sempre ao lado do seu primeiro amor é não duvidar da força desse sentimento e ser totalmente correspondida. "Se você se pergunta todos os dias se encontrou a felicidade e se realmente quer compartilhar todos os dias da sua vida ao lado dessa pessoa e a resposta é positiva, então encontrou seu verdadeiro amor, e isso não tem hora certa para acontecer", garante Carla.

veja também