Problemas de visão devem ser detectados na infância

Problemas de visão devem ser detectados na infância

Atualizado: Segunda-feira, 30 Junho de 2008 as 12

Grande parte dos problemas de visão podem ser detectados ainda na infância, até os 3 anos de idade. Por isso, é essencial levar as crianças ao oftalmologista, independentemente de sintomas oculares. Já as que apresentam qualquer sinal nos olhos devem ser avaliadas pelo especialista a qualquer tempo, mesmo recém-nascidas.

"Ainda no berçário, o médico que realiza o neonatal pode perceber problemas como manchas brancas na pupila ou a ausência do chamado reflexo-vermelho. Ambos configuram obstáculos à passagem de luz, que podem significar catarata congênita ou mesmo tumores intra-oculares, de grave prognóstico se não tratados de imediato", afirma Wilmar Roberto Silvino, oftalmologista do Hospital Professor Edmundo Vasconcelos.

Outro problema recorrente é o desvio no paralelismo dos olhos, que se não tratado até os 4 anos de idade poderá gerar déficit visual irrecuperável, segundo o especialista. "A criança com dificuldade para enxergar é em geral tímida, retraída e apresenta baixo desempenho escolar em relação às demais. Por isso os pais devem ficar atentos a esse comportamento", aconselha.

A simples pesquisa da acuidade visual, do movimento conjugado dos olhos e do fundo de olho podem dar ao oftalmologista, avaliação quase completa da função visual da criança. "Essa análise é feita por meio de procedimentos simples, mas eficientes, e que são bem conhecidos de todos os oftalmologistas", conclui Silvino.

veja também