Radicais ou Racionais?

Radicais ou Racionais?

Atualizado: Quarta-feira, 5 Março de 2008 as 12

Radicais ou Racionais?

Quando se trata de servir ao Reino, não há conjecturas ou concessões. A ordem a ser seguida é uma só: obedeça.

Em I Samuel 15: 1- 9, lemos:

"Disse Samuel a Saul: Enviou-me o Senhor a ungir-te rei sobre o seu povo, sobre Israel; ouve, pois, agora as palavras do Senhor. Assim diz o Senhor dos exércitos: Castigarei a Amaleque por aquilo que fez a Israel quando se lhe opôs no caminho, ao subir ele do Egito. Vai, pois, agora e fere a Amaleque, e o destrói totalmente com tudo o que tiver; não o poupes, porém matarás homens e mulheres, meninos e crianças de peito, bois e ovelhas, camelos e jumentos. Então Saul convocou o povo, e os contou em Telaim, duzentos mil homens de infantaria, e mais dez mil dos de Judá. Chegando, pois, Saul à cidade de Amaleque, pôs uma emboscada no vale. disse Saul aos queneus: Ide, retirai-vos, saí do meio dos amalequitas, para que eu não vos destrua juntamente com eles; porque vós usastes de misericórdia com todos os filhos de Israel, quando subiram do Egito. Retiraram-se, pois, os queneus do meio dos amalequitas. Depois Saul feriu os amalequitas desde Havilá até chegar a Sur, que está defronte do Egito. E tomou vivo a Agague, rei dos amalequitas, porém a todo o povo destruiu ao fio da espada. Mas Saul e o povo pouparam a Agague, como também ao melhor das ovelhas, dos bois, e dos animais engordados, e aos cordeiros, e a tudo o que era bom, e não os quiseram destruir totalmente; porém a tudo o que era vil e desprezível destruíram totalmente".

Os amalequitas eram uma tribo nômade feroz. Eles matavam por prazer e viviam do roubo. Era um povo corrupto ao extremo. Em Êxodo 17: 8-16, lemos que os amalequitas se opuseram a Israel quando saiam do Egito rumo à Terra Prometida. Por isso, o Senhor promete destruí-los, "riscar a memória de Amaleque de debaixo dos céus" ( v 14). No texto de I Samuel 15, Deus manda que Saul elimine toda a tribo dos amalequitas e tudo o que eles possuíam. Que coisa radical, não?! Saul deveria matar homens, mulheres, crianças, e até os animais! Não havia espaço para conjecturas, concessões, tipo: "E se?..." Podemos dizer que o Senhor tornou-se inimigo mortal de Amaleque.

Assim como os amalequitas se opuseram no caminho de Israel à Terra Prometida, o mundo e seu sistema pecaminoso e egoísta se opõem a nós na nossa caminhada para o céu. O Reino de Deus é o extremo oposto do mundanismo. O sistema do mundo diz que as pessoas devem olhar para si mesmas e cuidar dos seus próprios interesses. Entretanto, Jesus diz na Sua Palavra que devemos amar a Deus sobre todas as coisas e amar ao próximo como amamos a nós mesmos, e colocar o Reino de Deus como prioridade em nossas vidas. De acordo com o mundo, o sistema, devemos cuidar da nossa satisfação pessoal. No Reino de Deus, devemos ter os outros como superiores a nós mesmos.

O mundo hiper valoriza e cultua a boa aparência física, enquanto Deus olha o coração. No mundo, os ricos e poderosos é quem são bem aceitos pela sociedade. No Reino de Deus, os pobres são bem-aventurados! No Reino de Deus, tudo se opõe ao sistema mundano. O mundo não entende o evangelho do Reino, pois para ele é loucura. Mas, como diria o apóstolo Paulo, para nós, os que cremos, é salvação! Aleluia!

Não há o que negociar. Deus não convive com o pecado. Não há comunhão entre luz e trevas. Não existe concordância entre Deus e o sistema do mundo. A quem vamos seguir? O mundo e seu pernicioso sistema? Ou ao Reino e tudo o que lhe diz respeito? A escolha é nossa. E quando se trata de servir a Jesus e ao Seu Reino, não há meio termo. É ser mesmo radical. Como deveria ter sido Saul no cumprimento da ordem de Deus para com os amalequitas.

veja também