Reconheça o quanto você é importante

Reconheça o quanto você é importante

Atualizado: Terça-feira, 2 Dezembro de 2008 as 12

Quando chegam as lutas e tribulações é que o ser humano tende a achar que Deus está se distanciando dele. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, Deus é Deus em qualquer circunstância e ama o seu povo em todo tempo.

Mesmo em meio a um temporal, quando a visão se torna turva e todas as nuvens parecem negras, durante os piores momentos de angústias, lutas, perdas, aflições, solidão, mágoas e conflitos que parecem estar longe de acabar, Deus continua sendo Deus e tem poder para mudar absolutamente tudo.

Ninguém ama mais uma pessoa do que o Senhor. Ele a ama como jamais alguém a amou. A posição de uma mulher de Deus é de filha querida, alguém em quem Ele tem alegria e confia plenamente.

Sabe e reconhece as fragilidades de uma mulher. Sabe que a mulher é o vaso mais frágil. Jesus trouxe uma unção de valorização para a mulher. Ele conheceu de perto os conflitos femininos e lutou para derrubar os preconceitos gigantes que existiam contra a mulher.

Ele provou as nossas decepções e chorou nossas lágrimas. Sentiu na pele a angústia, a pressão das injustiças, o desprezo e experimentou nossos medos.

A mulher de Deus precisa aprender a se valorizar e saber que Jesus comprou a sua briga. A mulher foi uma idéia de Deus. Foi Ele quem criou você para reinar.

A maior prova do amor de Deus por você foi a cruz. Ele só suportou toda a agonia e dor, naquela cruz, porque pensava em você.

Quando chegar o momento das lutas, pense em uma coisa: Ele vai atravessar isto junto com você, minuto a minuto, passo a passo, dia a dia. É fiel e nunca falhará; portanto, não duvide.

Muitos acontecimentos na vida podem ser motivo para que a esperança de uma mulher de Deus seja posta em xeque. Uma traição do marido, ou de um filho, decepções com irmãos na fé, injustiças, entre outras inúmeras situações. Que fique sabido, porém, que os olhos do Senhor passam por toda a Terra.

Ele olha tudo e tudo está sob o seu controle. Ninguém O engana ou esconde algo dEle. Se o momento está difícil, a hora é de clamor, pois Deus escuta Seus filhos que clamam. A fé é a certeza de coisas que se esperam, e a convicção de fatos que se não vêem. É necessário subir o monte da oração para que a visão se amplie.

Quando se sobe um monte muito íngreme, a tendência é sentir falta de ar, dor nas pernas e um grande cansaço. Quando se chega, porém, no pico do monte, ninguém tem a visão mais privilegiada do que a sua.

Assim também funciona quando se sobe o monte da oração. Orar, a princípio, parece cansativo e desgastante, mas quando chegamos ao pico do clamor, a visão é excelente. Deus abre e alarga fronteiras inacreditáveis.

Uma mulher com sua oração pode mudar não só o seu marido e filhos, mas seus vizinhos, sua sociedade e sua nação, se for uma intercessora em potencial.

É certo que muitas vezes não é tão fácil administrar várias funções como esposa, mãe, dona de casa e não raro trabalhar fora. Saiba que Deus conhece os seus limites físicos, psíquicos, emocionais e espirituais.

Se você, mulher de Deus, não conhecer os seus limites e respeitá-los, pondo-os diante do Trono de Deus diariamente, se porá em julgo desigual e será sujeita a dores desnecessárias. Aprenda a dividir tudo com Deus. Não guarde nada em seu coração que possa fazê-la sofrer. Seja a sua melhor amiga. Dessa forma, Deus terá liberdade para auxiliá-la em todas as coisas.

Confie na capacidade que Deus lhe dá para resolver situações difíceis e compreenda que quando Deus está à frente, nada pode dar errado.

veja também