Rua das Noivas: onde o sonho de casar pode ser realizado a perder de vista

Rua das Noivas: onde o sonho de casar pode ser realizado a perder de vista

Atualizado: Quinta-feira, 29 Outubro de 2009 as 12

Poucas coisas mexem mais com o imaginário feminino do que um vestido de noiva: em algum momento da vida, toda mulher já se imaginou no figurino branco, de véu e grinalda. Para escolher o modelo perfeito, é preciso circular: em São Paulo, as opções de compra variam tanto em qualidade quanto em preços, que podem ir de R$ 500 a R$ 60 mil.

Bem no centro da capital paulista, porém, o vestido para o dia do casamento pode ser encontrado em versões para todos os gostos e bolsos. Assim como a Rua 25 de Março tornou-se a meca dos eletrônicos e o Bom Retiro é o ponto de quem busca confecções bem em conta, a São Caetano ficou conhecida como "rua das noivas" por ser o principal centro comercial de roupas para casamento do país. Todos os dias, dezenas de mulheres prestes a dizer seus votos olham cuidadosamente as vitrines em busca do traje ideal para o tão esperado dia.

A rua atrai todos os tipos de bolso: lojas sofisticadas e populares se misturam, disputando noivas de todas as classes sociais. Na São Caetano, quem não faz questão de ser a primeira a usar o vestido pode garantir a roupa do casamento por R$ 500, no segundo aluguel. Já no primeiro aluguel, quando a noiva pode criar o modelo de sua preferência e devolvê-lo para a loja depois de usar, R$ 1,5 mil podem resolver a situação: tudo parcelado em inúmeras vezes até a data do casório.

As futuras noivas podem ainda alugar um vestido já pronto, desenhado pelos estilistas das próprias lojas, cujo valor vai depender do tecido, do bordado e da mão-de-obra exigida. Quem sonha em guardar a roupa para todo o sempre como recordação precisa pagar mais: comprar um vestido não sai por menos de R$ 4 mil.

O que eles recomendam

Trajes de noiva não seguem moda: inovam aqui e ali, mas no final são ditados pela vontade da mulher que vai subir ao altar. "Não adianta querer ditar tendências para vestidos de noiva. O que fazemos é orientar para ajudá-la encontrar aquele modelo com o qual ela já se imaginava, que se encaixe nos sonhos dela", diz o estilista Emerson Saab. "Mas a palavra final é sempre dela. Se quiser fazer tudo ao contrário, o que vale é o sonho."

Embora a principal recomendação seja procurar o vestido que a faça se sentir deslumbrante, G1 falou com estilistas para reunir algumas dicas que podem facilitar um pouco a busca pelo vestido mais adequado para cada casamento. Confira algumas das orientações:

- Véus longos e decorados, ou as chamadas mantilhas, são ideais para casamentos à noite, em igrejas suntuosas. Para casamentos ao ar livre ou em lugares mais simples, ou ideal é optar pela versão curta ou abandonar o véu.

- Para as noivas que querem aumentar o tamanho do busto ou disfarçar seios muito grandes, modelos tomara-que-caia podem ser boa opção. Podem ser usados com bojo para aumentar o volume, ou sem, para esconder.

- Uma dica para as mulheres mais "cheinhas" ou baixas é evitar vestidos com corte horizontal, que achatam a silhueta. Modelos assim são ideais para quem se acha muito alta ou muito magra.

- Modelos carregados de pedras e cristais são ótimos para serem usados à noite. De dia, modelos sem brilho são mais recomendados.

- Profissionais do setor alertam: procurar o vestido com antecedência ajuda a noiva a chegar com tranqüilidade ao dia de subir ao altar. "O ideal é começar a procurar uns dez meses antes do casamento, para dar tempo de se organizar e parcelar o pagamento", diz a assessora de noivas da Nova Noivas, Élide Helzel.

veja também