Saiba como economizar na preparação do casamento

Saiba como economizar na preparação do casamento

Atualizado: Terça-feira, 19 Maio de 2009 as 12

Hoje em dia ficou mais fácil casar. Há dezenas de empresas no mercado que se especializaram em realizar a festa em todos os seus detalhes: desde o arranjo do buquê da noiva até a locação do local da festa e a contratação do Buffet. Para usar o serviço dessas empresas, é preciso gastar muito dinheiro. Se você que não dispõe de tanto assim, conheça algumas dicas.

Sempre faça a opção pela simplicidade . Quanto mais simples forem a cerimônia e a festa, mais fácil de organizá-las. "Antes de fechar um contrato, leia-o cuidadosamente para certificar-se de que você realmente está levando ou alugando o que foi prometido", orienta o Consultor Financeiro Cláudio Boriola. Se você fizer as reservas com bastante antecedência , certifique-se de que há um limite para o aumento de preços. Evite marcar a cerimônia a datas próximas aos feriados. Isso dificulta o acesso aos serviços e aumenta o preço de todos os itens. Faça o casamento pela manhã ou à tarde. Muitos salões já possuem reservas para o período noturno e poderão reservar os horários diurnos para você por um custo menor. Diminua o tempo da recepção de 4 a 6 horas para 3 a 4 horas. Com isso você gastará menos com comida, bebida, enfim, com tudo aquilo que os convidados foram consumir. Esqueça a idéia de fazer a recepção em sua própria casa. Longe de ser uma opção mais barata, isto requer o dobro de cuidados e pode acabar virando uma grande dor de cabeça. "Antes de reservar o carro, a decoração das mesas, etc., veja se o local escolhido para a recepção não oferece estes serviços por um preço mais baixo", ensina Boriola. Alugue ou empreste o que puder , evite comprar, pois além de gastar mais, depois terá algo sem utilidade. O vestido, por exemplo. Se precisar pedir orçamentos por telefone, não diga de imediato para o que é. Muitos fornecedores costumam aumentar o preço, ao saber que se trata de um casamento. Corte a lista de convidados . Faça uma lista contendo somente os convidados "obrigatórios" e acrescente outros apenas se o orçamento permitir. Evite convidar muitas daminhas e muitos pajens. Uma daminha é mais do que suficiente. Se o casamento for de manhã ou à tarde, não é necessária a presença de crianças. Quando você as convida, é indelicado não se oferecer para pagar a confecção ou aluguel dos trajes. Procure você mesmo organizar tudo . Afinal, a festa é sua. Só delegue tarefas a parentes ou a amigos se eles insistirem. Veja se há alguma coisa que possa ser feita por você ao invés de comprar ou pagar por isso. Sobrescritar e procurar entregar pessoalmente os convites, além de desocupar o tempo de outra pessoa, repercute bem junto aos convidados porque demonstra a atenção que os noivos dispensam a eles. Não gaste demais com a decoração da igreja . Não há necessidade de decorar todos os bancos com arranjos e encher o altar de flores. Deixe para caprichar na decoração da festa. Pense na possibilidade de dividir os custos da decoração da igreja com os outros noivos do dia. De acordo com o horário escolhidonão é necessário oferecer um almoço ou jantar após o casamento . Existem outras opções bem mais em conta e muito elegantes como: café da manhã, coquetel ou bolo com champanhe. Se ainda sim você optar pelo almoço ou jantar, faça isso em um dia que não seja o da cerimônia. Desta forma você poderá chamar poucas pessoas, como por exemplo, os parentes dos noivos a apenas os amigos mais íntimos. Este almoço ou jantar pode ser feito na casa dos pais do noivo ou da noiva. Escolha um carro bonito que não seja caro . O veículo deve acomodar a noiva confortavelmente com o vestido escolhido. Para animar a festa, chame um DJ e  um músico ou uma pequena banda porque desta forma, sai bem mais em conta do que uma banda completa ou uma orquestra. É claro que, se algum amigo se oferecer para animar a festa, não recuse. Mas aceite somente se ele fizer questão absoluta de tocar de graça em consideração aos noivos. Não compre um vestido de qualidade duvidosa . A economia não vale a dor de cabeça e o desgosto que você terá. Evite também contratar um fotógrafo ou um videomaker amador. O resultado pode ser desastroso porque ele não tem como assegurar a qualidade do seu trabalho, que você o guardará com carinho por resto da vida.

veja também