Saiba como manter um relacionamento à distância

Saiba como manter um relacionamento à distância

Atualizado: Terça-feira, 30 Dezembro de 2009 as 12

Imagine morar a quilômetros de distância da pessoa que você gosta e ter que esperar as férias pra poder ficar junto. Realmente não é nada fácil, mas muita gente encara esse tipo de relacionamento. Algumas até por opção, outras por necessidade. Seja qual for o motivo, o namoro a distância requer muita compreensão de ambas as partes.

Com a expansão da Internet, um novo fenômeno surgiu: o namoro a distância. A psicóloga Érica Pinheiro afirma que os namoros virtuais precisam de uma série de precauções. "Antes de assumir um relacionamento deste tipo, é necessário saber porque a pessoa está procurando um namorado distante. Também é de extrema importância que se conheça bastante a pessoa, antes mesmo de fazê-la conhecedora de qualquer informação precisa, pois não se sabe qual é a verdadeira intenção dela."

Outra forma de namoro a distância é aquela em que um dos dois teve que trocar de cidade. Para a psicóloga, as chances de sobrevivência do relacionamento são grandes. "Pode dar certo, por que ainda existe um item importantíssimo que pode fazer crescer ainda mais o sentimento: a saudade. Neste caso, a pessoa não é virtual. Você a conhece, não é uma fantasia. Isso até pode fazer com que a pessoa se esforce ainda mais pra voltar a estar próximo o mais rápido possível."

A psicóloga afirma que até existe vantagem em manter esse tipo de relacionamento, mas depende da forma como cada um encara. "Há pessoas que se sentem bem em assim se relacionarem, pois se sentem mais à vontade, as brigas têm menos freqüência, os choques entre si também. Em contrapartida, a pessoa sabe que tem alguém, porém, ao mesmo tempo, está sempre sozinha. Os contatos por carta, e-mail e telefone podem se tornar uma situação bem incômoda para ambos.

Como manter um relacionamento a distância

Estar sempre em contato seja por telefone, e-mail e até mesmo cartas; Procurar saber o que a pessoa está sentindo por você. Se o afeto está crescendo ou não; Evitar brigar e discutir (se no pouco tempo que há para ficarem juntos o casal briga, não tem relação que resista); Buscar um contato físico sempre que puder.

veja também