Saiba o que é necessário para morar sozinha

Saiba o que é necessário para morar sozinha

Atualizado: Sexta-feira, 26 Setembro de 2008 as 12

Morar sozinha para muitas significa a conquista da independência, mas para outras um verdadeiro desastre. O fato é que antes de sair da casa dos pais é preciso analisar bem os prós e contras, caso contrário, a chance de frustração é muito grande.

Ao sair de casa em busca de independência, muitas mulheres, mesmo aquelas que participam ativamente das tarefas doméstica na casa dos pais, encontram grandes dificuldades em manter a casa em ordem. De acordo com a psicóloga Érica Pinheiro, isso acontece pelo simples fato de que ajudar não é o mesmo que assumir toda responsabilidade.

"Manter uma casa em ordem não se limita em saber passar, lavar ou cozinhar; vai muito além disso. É necessário, acima de tudo, ter responsabilidade com as contas a pagar, por exemplo. A casa pode estar impecavelmente limpa, mas se as contas não estiverem em dia, certamente a pessoa terá problemas."

Ela aprendeu

A advogada Érica Verdino, 29 anos, passou no processo seletivo de uma empresa multinacional e conseguiu conquistar sua independência financeira. Ela conta que passou por maus momentos até se adaptar ao novo estilo de vida.

"Não foi nada fácil. Imaginei uma casa cheia de amigos e com festinhas todos os fins de semana. Tudo isso aconteceu. Durante os três primeiros meses, não queria outra vida, mas comecei a perceber que a maior parte do meu dinheiro era gasta nestas festas. O resultado disso foram atrasos nos pagamentos do condomínio e da luz, porque "só pagava as contas se sobrasse dinheiro", confessa.

Érica diz que só percebeu que estava entrando numa furada quando conversou com seus pais. "Fiquei quase duas horas só ouvindo a bronca do meu pai, que liquidou minha dívida prometendo que não haveria a próxima vez. Hoje, reúno meus amigos uma ou duas vezes por mês, no máximo, e dou prioridade às despesas da minha casa. Morar sozinha é maravilhoso, mas requer responsabilidade."

Algumas dicas para se dar bem:

Planejando os gastos

Faça uma planilha com os gastos mensais. É uma forma de evitar exageros e de gastar apenas o que pode.

Controlando as compras

Antes de ir ao supermercado, faça a famosa lista de compras. Isto evita gastos desnecessários.

Guardando dinheiro

Lembre-se também de guardar um dinheirinho para o fator surpresa, como: máquina de lavar que quebra, conta de telefone que veio alta demais, taxa extra de condomínio, etc.

veja também