Saúde bucal : Mitos e verdades

Saúde bucal : Mitos e verdades

Atualizado: Quarta-feira, 23 Julho de 2008 as 12

A boca é uma porta de entrada para várias doenças, mas há muitas formas de prevenir o organismo contra os vilões invisíveis. O brasileiro ainda não tem a cultura de visitar o dentista de maneira preventiva e, na maioria das vezes, só procuram os profissionais nos momentos de urgência. Porém, o sorriso perfeito é o cartão de visitas e os dentes saudáveis vão além da estética.

Algumas dúvidas ainda surgem quando o assunto é a higiene bucal e os dentistas Dra. Ana Paula Capellaro e Dr. Gilberto Hitoshi Ueda esclarecem o que é mito e verdade para manter os dentes em ordem.

1.Chá-verde escurece os dentes.

Mito. O chá verde, e também o chá preto, possuem muitos corantes e o ideal é não abusar desses produtos. Tomando de forma controlada e fazendo a escovação adequada, pode-se reduzir o escurecimento dentário. Para manter os dentes brancos é importante que se vá ao dentista regularmente e se faça a limpeza profunda periodicamente. Há também processos de clareamento que mantém o brilho e o branco dos dentes.

2. Cigarro enfraquece causa gengivite.

Verdade. Os cigarros possuem grande quantidade de substâncias e fumar aumenta a possibilidade de se causar gengivite e até a doença periodontal. É importante frisar que os fumantes devem ter maior cuidado com a saúde bucal para não terem problemas ainda mais graves, fazendo a limpeza periodicamente.

3. Chiclete sem açúcar auxilia contra as cáries.

Mito. Os chicletes ou balas sem açúcar não provocam cáries, mas também não auxiliam contra elas. É ideal que a escovação, além de ser feita após as principais refeições, no mínimo três vezes ao dia, seja realizada após a ingestão de doces.

4. O dente do 3º Molar (siso) sempre deve ser extraído.

Mito. Depende de sua posição dentro da arcada dentária. Se o crescimento do siso for incomum, "empurrará" o restante dos dentes e pode entortar a arcada; há casos em que o siso causa desconfortos como dores, e então se torna essencial a extração. Há casos em que o crescimento deste dente não causa nenhum problema e não há a necessidade da extração.

5. Bicabornato de Sódio ajuda a clarear os dentes.

Verdade. Por ser uma substância abrasiva, o bicarbonato de sódio promove a limpeza na superfície do esmalte dos dentes e promove um ligeiro clareamento. Deve-se estar atento porque o bicarbonato de sódio não deve ser utilizado continuamente. Para manter os dentes brancos e saudáveis é importante a consulta a um profissional capacitado como forma de prevenção.

6. Dentes sensíveis se fortalecem com flúor.

Verdade. Normalmente a sensibilidade dos dentes é causada por pequenos canais presentes na superfície dental, em maior quantidade na raiz e o flúor promove uma remineralização e fecha esses pequenos canais.

7. Enxagüantes bucais podem substituir uma escovação.

Mito. A escovação e o fio dental são os métodos mais eficazes para a limpeza dental, os enchagüantes são usados apenas como complemento. Sozinhos, sem a escovação e o fio, eles não têm utilidade nenhuma.

8. Bruxismo (ranger de dentes ao dormir) pode danificar a superfície dental.

Verdade. Como conseqüência do bruxismo há um desgaste na estrutura dental.

9. Clareamento dental sensibiliza os dentes.

Mito. O clareamento dental em si não causa a sensibilidade, porém alguns dentes são naturalmente sensíveis devido à presença de trincas nas superfícies em casos que a raiz está exposta. Nessas situações o procedimento causará maior sensibilidade, por isso, antes de realizar o clareamento dental o paciente deve passar por uma avaliação para que o processo ocorra da melhor maneira possível.

10. A escovação da língua é mais eficiente que o uso dos limpadores.

Mito. Ambos são eficazes na limpeza da língua. Assim como o enxagüante, os limpadores são complementos para a boa higiene bucal. A limpeza da língua é essencial para reduzir o mau hálito e reduzir as bactérias que causam cáries.

veja também