Sexo e livre degradação

Sexo e livre degradação

Atualizado: Sexta-feira, 18 Dezembro de 2009 as 12

RELACIONAMENTO "Amor" não é "sexo". É só olhar no dicionário. (A palavra "Sexo" relacionada a "pornografia" é o 4º termo mais buscado por crianças na internet, aponta estudo realizado pela companhia de segurança de computadores Symantec, conforme noticiado pela Agência Reuters em agosto). "Sexo" nunca representará mera cópula, coito, acasalamento - relação sexual casual. "Fazer amor" não tem nada a ver com cópula. "Ficar…" é para muitos um conceito, uma palavra completada por algum triste adjetivo, como "…sozinho(a)", "…grávida", após ser usado(a) e descartado(a), ainda que por livre vontade. "Transar", que lembra negócios no mercado financeiro, nem sempre dá lucro. Talvez para vendedores "profissionais" do corpo, que usam a si próprios na transação. (Um dia terão de gastar com terapias do corpo e mente devastados ao longo dos anos).

É impossível não refletir sobre o tema diante da crescente degradação sexual infanto-juvenil retratada nos noticiários. Não que estivesse havendo um aumento de casos, mas apenas a divulgação do que as pesquisas com adolescentes já apontavam há tempos. De cada 100 adolescentes, a metade disse ter começado a vidinha de prostituição a partir dos 13 anos: A Veja evolucionista chamou isso de "desorientação". (Uma a cada de 5 mulheres que dão á luz no Brasil têm menos de 19 anos).

Comentando a matéria, um educador cristão escreveu:

A revista Veja de 18 fevereiro de 2009 diz em sua capa: "… eles são os reis da era digital, decidem o que a família vai comprar, custam caríssimo, mas estão mais desorientados do que nunca". Tanta informação, tanto conhecimento, tantas oportunidade, mas nossos adolescentes ainda estão desorientados. A mesma revista Veja trouxe uma enquete realizada entre adolescentes de 13 a 19 anos mostrando que 75% dos adolescentes já "ficou" ou namorou; que 49% já não são mais virgens; a primeira relação sexual acontece em torno dos 14 anos; que 40% das garotas usam pílula anticoncepcional, 49% dos meninos dizem que as meninas têm o mesmo comportamento sexual dos homens".

Sexo na época errada. Corpo (soma) e mente (psique) despreparados para desfrutar do processo que dá origem à vida de outro ser humano. Irresponsabilidade, tanto dos adolescentes abrasados, como das autoridades, dos estudiosos do comportamento, condescendentes com a depravação. São risíveis as colunas de aconselhamentos/respostas às dúvidas dos jovens sem rumo sexualmente. Clique e leia apenas esta de um suplemento para jovens num jornal deste domingo . (Mas será que tais profissionais - tão desorientados quanto os jovens - têm condições de ir contra o rolo compressor da livre-degradação?).

Cenário sombrio: A onda que vem a lume é a filmagem de orgias em banheiros de escolas ou casas durante festinhas. Depois, a postagem na internet para o mundo, inclusive a polícia, testemunhar. Jovens do Pará  e Paraná são as estrelas deste momento insólito. Antes, em Santa Catarina um grupo de jovens e adolescentes se reuniu para festejar numa casa, onde estupraram uma adolescente bêbada, filmaram tudo e… o resto já sabemos.

De alguma forma isso lembra Tim Lopes, repórter global assassinado antes de concluir sua matéria especial sobre bailes funk repletos de adolescentes prostituídas em pleno fervor do batidão. Uma amostra do que há de pior na velha receita "dinheiro, sexo e drogas". (O funk passou a ser considerado "cultura popular" por cantores e até o ministro da Cultura) [9].

"Amor" raivoso?

As trevas no horizonte se percebem tanto no nascimento de trigêmeos de uma garota de 14 anos, em Foz do Iguaçu, que "ficou" com um carinha de 16, quanto na notícia chegada da Ucrânia, onde uma criança de 11 deu à luz outra gerada por um pedófilo de 19, com o qual - ela disse à reportagem - pretende se casar. (Menos mau que o aborto de gêmeos da criança dois anos mais jovem que a ucraniana, estuprada pelo padrasto e toda história de excomunhão de médicos em Pernambuco).

E, reiterando a glossolália do início, se "sexo" não é "amor", a "paixão- abrasamento sexual" produz sofrimento: Pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com pessoas entre 15 e 19 anos de todo o Brasil, identificou que 87% das adolescentes já vivenciaram formas de violência no namoro ou no "ficar". A conclusão levou em conta a análise de 3.205 questionários, recolhidos nas cinco regiões do País.

Na Inglaterra iludida pela pedagogia sem futuro do ateu Richard Dawkins, 3,5 mil estudantes foram punidos por condutas sexuais inadequadas contra colegas e professoras no início do ano . De lá vem notícia igualmente reveladora numa sociedade pós-cristã: um terço dos namorados estupra e agride as namoradas. (Dawkins deve ter uma boa explicação para isso na arenga do naturalismo-evolucionismo em que sempre vencem os "mais fortes", selecionados naturalmente ao acaso que, em seu conto de fadas, não gera caos, mas "ordem" e decência e bla-bla-blá…)

"Entreteni…mentiras"

Possivelmente, crianças, adolescentes e jovens sem rumo estão a seguir maus exemplos copiados da farta e gratuita pornografia disponível na web (homens e mulheres metidos em degradação sexual tão extrema , que torna dignos de beatificação os habitantes de Sodoma e Gomorra). Ou das novelas onde prostitutas vividas por famosidades esculturais como Camila Pitanga desfilam alegremente, como se vender o corpo no alto ou baixo meretrício fosse algo normalíssimo. Ou dos longa-metragens de Hollywood: Nicole Kidman acaba de apontar o dedo na ferida ao confessar que filmes da indústria da qual faz parte promovem violência contra a mulher [14].

Exemplos científicos de deseducação "prostituidora" na mídia não faltam. Pense por exemplo nesta manchete cunhada por um editor do The New York Times: "Doenças sexualmente transmissíveis estão em alta nos Estados Unidos". Estudo divulgado pelo ScientificBlogging/CNN não economiza: "[Hábito de ver] Sexo na TV é ligado a gravidez na adolescência" [16]. "Jovens que ouvem música[s com tema] ‘sexual’ se prostituem mais cedo", é afirmação de outro estudo noticiado no Science Daily, traduzido e publicado em português pelo Hype Science. [17]. A BBC contribui com a publicação de estudo holandês que revela: "Álcool na TV estimula consumo imediato de bebidas" [18], e um estudo do BID que concluiu "Novelas da Globo estão diretamente ligadas ao aumento de casos de divórcio no Brasil".

Os altos prejuízos da devassidão invariavelmente descambam para a área psicossomática, pois a prostituição vai além da união de corpos. A gravidez/paternidade precoces, desamparo feminino na depressão pós-parto, o aborto, etc., produzem seqüelas incalculáveis, talvez menos ao físico, mas terríveis à mente e alma dos assassinos de inocentes gerados e descartados irresponsavelmente na prostituição casual ou pregressa. Sexo na hora, condições e lugar errados - problemas imediatos e crônicos.

O nosso corpo não existe para praticar a imoralidade, mas para servir o Senhor; e o Senhor cuida do nosso corpo. Pelo seu poder Deus ressuscitou o Senhor e também nos ressuscitará a nós.

Será que vocês não sabem que o corpo de vocês faz parte do corpo de Cristo? Será que eu vou pegar uma parte do corpo de Cristo e fazer com que ela seja parte do corpo de uma prostituta? É claro que não!

Ou será que vocês não sabem que o homem que se une com uma prostituta se torna uma só pessoa com ela? As Escrituras Sagradas afirmam: "Os dois se tornam uma só pessoa", 1 Coríntios 6:13-16 Bíblia na Linguagem de Hoje

O corpo que abriga a alma e o espírito humano não nos foi outorgado para que servíssemos dele da maneira egoísta que quiséssemos, sem consequencias. Somos mordomos - administradores - do corpo, que deve ser "casa", "templo" habitado pelo Espírito Santo de Deus. A felicidade perseguida por todos nunca estará ligada à busca hedonista (prazer pelo prazer) da satisfação da vontade da nossa natureza pecaminosa, mas da nossa submissão à vontade dAquele que criou o corpo, o sexo, os instintos e as regras em torno de cada um. (É uma lei. Podemos discordar, espernear, xingar, insistir no pecado… e nos preparar ao pior)

Sexo-cópula mecânica nunca fará ninguém feliz. Obviedade necessária aos navegantes: Sexo só traz real prazer se for vivido na intimidade de um lar sadio. Até porque o orgasmo de segunda categoria pode ser obtido mecanicamente com o uso das mãos, bonecos infláveis e outras parafernálias de sex-shop. (É também uma lei. Podem reclamar os boêmios, garanhões, mendigos sexuais, solteirões mal-amados, ninfomaníacas e demais adoradores de Eros). Sexo = casamento.

Porém quem se une com o Senhor se torna, espiritualmente, uma só pessoa com ele.

Fujam da imoralidade sexual! Qualquer outro pecado que alguém comete não afeta o corpo, mas a pessoa que comete imoralidade sexual peca contra o seu próprio corpo.

Será que vocês não sabem que o corpo de vocês é o templo do Espírito Santo, que vive em vocês e lhes foi dado por Deus? Vocês não pertencem a vocês mesmos, mas a Deus, pois ele os comprou e pagou o preço. Portanto, usem o seu corpo para a glória dele, 1 Coríntios 6.17-20 BLH

Daí decorrem as psicoses, paranóias, depressões, "fossas" e mágoas que ao longo dos dias, podem redundar num tumorzinho básico aqui, um carocinho ali… Se o prostituto (a) tiver o dom natural de expressar suas desilusões surgirão poemas inspirados e as músicas "cornonejas" que embalam a vida amargurada de milhões de infelizes mergulhados na dificuldade de amar e ser amado.

Único caminho

Perceba novamente, anote isto: O corpo não é seu. (É outra lei. Pode torcer o nariz, protestar, esmurrar o ar, falar mal Deus e da Bíblia).

Não se pode abarrotar o corpo com comida de menos (anorexia), em excesso (obesidade), drogas (vícios escravizantes e degeneradores, overdoses), privação de sono (acidentes, baixa produtividade intelectual e física), prostituição (AIDS, sífilis, herpes, gonorréia, blenorréia, clamídia, cancros, suicídio, depressão, desesperança, etc.). O corpo reflete o que vai na mente/coração. Coração/mente cheios de lixo não levarão o corpo a refletir coisas agradáveis.

O corpo é invólucro da alma. A alma é eterna e terá de prestar conta a Deus por tudo que fizermos por meio do corpo.

Nós teremos de prestar contas a Deus de tudo o que fizermos e até daquilo que fizermos em segredo, seja o bem ou o mal, Eclesiastes 12:14 Bíblia na Linguagem de Hoje

[Disse Jesus]: Eu afirmo a vocês que, no Dia do Juízo, cada pessoa vai prestar contas de toda palavra inútil que falou, Mateus 12:36 BLH

Não há nada que se possa esconder de Deus. Em toda a criação, tudo está descoberto e aberto diante dos seus olhos, e é a ele que todos nós teremos de prestar contas, Hebreus 4:13 BLH

No passado vocês já andaram bastante nas coisas pecaminosas que os ímpios apreciam e que levam a outros pecados terríveis - o pecado do sexo, a imoralidade, a embriaguez, as orgias, as bebedeiras e a adoração dos ídolos.

Naturalmente seus velhos amigos ficarão muito admirados quando vocês não tiverem mais ansiedade de se juntarem a eles para as coisas pecaminosas que eles fazem, e se rirão de vocês com desdém e escárnio.

Entretanto, lembrem-se apenas de que eles terão de enfrentar o Juiz de todos, dos vivos e dos mortos; e eles serão castigados pela maneira como têm vivido, 1 Pedro 4. 3-5 Bíblia Viva

Muitas palavras foram deturpadas ao longo do tempo, já que a língua é viva e as palavras percorrem todos os antros de uma sociedade em progressiva decadência moral. Sexo, o meio pelo qual Deus oferece a condição da perpetuação da espécie, é reconhecido como tudo, menos presente do Criador para ser vivido intensamente numa família, entre homem e mulher casados, enamorados, amantes maduros. (Se a célula-mãe da sociedade vai mal tudo o mais seguirá essa trilha).

Outras palavras se tornam rebuscadas demais. A amplitude do "sexo", ou melhor, da sexualidade humana, por exemplo, pode ser algo indeglutível em papos de psicólogos e enciclopédias igualmente ilegíveis. Mas se torna simplesmente compreensível se a ela somarmos amor + responsabilidade + respeito + pureza + mandamentos de Deus e outras afins.

Não será difícil desfrutar o prazer sexual em toda a sua intensidade - na época, condições e lugar certos - se seguirmos as regras de Deus. Não será impossível resolver a equação Sexo = casamento e desfrutar paz e sentido na vida. Desprezar os preceitos divinos pode até consolar, tapar o sol com a peneira. Mas o problema permanecerá lá no fundo, travando o sucesso intelectual, profissional, financeiro, ou quaisquer realizações louvadas por uma sociedaDecadente.

Como Arquiteto do corpo humano e do Universo infinito, o Criador bendito eternamente oferece no Manual para a vida feliz - a Bíblia Sagrada -, essas regras simples a quem quer que se disponha a ser feliz. Se estivermos dispostos a negar a nós mesmos e nosso jeito de viver e fazer as coisas - e adotar o jeito de Deus, o caminho para a satisfação plena estará aberto.

Amar a Deus significa fazer o que Ele nos manda, e na realidade isso não é difícil, 1 João 5.3 BV

Então Ele disse a todos: Aquele que quiser Me seguir deve pôr de lado seus próprios desejos e carregar sua cruz cada dia, para conservar-se junto de Mim!

Quem perder a sua vida por minha causa, a salvará; mas quem insistir em conservar a sua vida, a perderá;

E que vantagem há em ganhar o mundo inteiro quanto isto importa em perder-se a si mesmo?, Lucas 9.23-25 BV

Enquanto vivermos, haverá esperança de retomarmos ao caminho estreito, correto, que conduz à vida plena nesta esfera terrena. E depois a vida eterna. Só há um rumo a seguir. Uma porta a entrar. (É lei, não adianta resistir)

[Disse Jesus]: Só se pode entrar no céu pela porta estreita! A entrada para o inferno é larga, e sua porta é bastante ampla, para todas as multidões que escolherem esse caminho fácil. Mas a Porta da Vida é pequena e a estrada é estreita, e só uns poucos a encontram, Mateus 7.13,14 BV

Jesus disse: "Eu sou o Caminho, o Verdade e a Vida. Ninguém pode chegar até o Pai, a não ser por mim, João 14.5 BV

Por: José San Martín

veja também