Sexo na gravidez pode ser uma delícia; desde que..

Sexo na gravidez pode ser uma delícia; desde que..

Atualizado: Quarta-feira, 28 Julho de 2010 as 7:13

Durante a gravidez, o corpo ganha novos contornos, a pele e os cabelos ficam diferentes, um turbilhão de hormônios e emoções passa pela futura mãe. Essa avalanche de novidades tem efeitos também na vida sexual para melhor, quase sempre. Se não há recomendações médicas contra o sexo o que pode acontecer caso a gravidez esteja sob risco não há razão para deixar de aproveitar.

Por causa dos hormônios, a maioria das mulheres fica mais excitada nessa fase. Como a preocupação em prevenir a gravidez (ou conseguir engravidar) já foi para o beleléu, é mais fácil se soltar. Quer mais? Os seios maiores, quadris mais arredondados e aquele brilho que toda grávida tem na pele, nos cabelos e nos olhos costuma deixar a auto-estima lá em cima.

Se o momento está sendo especial para o casal, rola mais carinho e intimidade para celebrar o novo vínculo. Ou seja: o sexo fica ainda melhor. Mas algumas travas talvez atrapalhem. Nem sempre a nova forma agrada e os quilos extras podem incomodar, matando a sensualidade. Em mulheres com gestação saudável, o maior determinante para manter vida sexual ativa e prazerosa durante todo o período é o fato de sentir-se bem em relação ao corpo , afirma Jaqueline Brendler, médica obstetra e terapeuta sexual.

Mitos e medos também podem causar desconfortos. Como, por exemplo, que o bebê vai ser incomodado pela penetração o que é absolutamente impossível de acontecer. Para todas essas dúvidas, vale conversar com o obstetra. A gravidez também pode parecer sagrada a alguns homens, que podem ficar com o desejo sexual em baixa. Se é o caso do seu par, uma boa conversa com um terapeuta sexual pode indicar soluções.

Ser vaidadosa e cuidar do corpo é importante para manter a auto-estima e a sensualidade em alta. Também ajuda aproveitar os meses antes do bebê chegar para curtir o parceiro, planejando programas a dois e viagens de fim-de-semana românticas. Lembre-se de que, depois do parto, o casal vai virar uma família, e as atenções com o bebê vão dividir o tempo que antes era apenas para vocês dois. Por isso, aproveite bastante. A proximidade reforça os vínculos que tornam a gravidez especial e o pós-parto mais tranqüilo.

veja também