SOS FÉRIAS: invista o tempo livre nas relações familiares

SOS FÉRIAS: invista o tempo livre nas relações familiares

Atualizado: Sexta-feira, 16 Julho de 2010 as 11:47

Neste mês de férias vamos tentar observar tantas coisas de nossos filhos e nossas também. Vamos ver se conseguimos incentivar e melhorar nossos relacionamentos e, assim, ajudar muito nossas crianças!

É hora de cultivar o valor de pertencer a uma família, estimulando o convívio familiar. Muitas crianças não sabem como é estar junto com os outros porque estão sempre na frente da TV ou de um computador. Nós assistimos a pessoas que vão se formando sem saber conversar, que mal cumprimentam os outros, respondem monossilabicamente às perguntas que outras pessoas tentam fazer. "Olá, tudo bem com você?", alguém pergunta. "Ah?! Tudo...", responde a criança quase surpresa ou, ainda, sentindo-se abruptamente interrompida pela abordagem do outro.

Estamos criando seres humanos ou autômatos? Pessoas que não saem do "funcionamento automático" sem se darem conta da alegria de viver ou de que é necessário investir nos relacionamentos para ser compreendido... É isso aí, um esforço de sair do encapsulamento e fazer conversa, buscar amizade, solidariedade, compreensão do outro. Ninguém mora dentro da cabeça de ninguém, não!

O despertar para a vida mental se dá, antes de mais nada, na convivência familiar. Então, sem esse esforço, o que acontece depois? Seres humanos com dificuldade de aprender, de se relacionar na escola ou ainda socialmente. Pessoas que não foram estimuladas pela cultura, e isso tudo começa no ambiente familiar.

Sei que muitos profissionais alertam para esses problemas, mas poucos dão com clareza a origem de tantas dificuldades na escola, na vida social da criança. Então, vamos aproveitar as férias para conversar, desenhar, brincar, estar mais próximos de nossos filhos. Vamos curtir e assim prevenir tantos problemas.

Anne Lise Scapaticci é psicanalista infantil e terapeuta familiar, em São Paulo

veja também