Teste: sua "bênção" é bênção mesmo?

Teste: sua "bênção" é bênção mesmo?

Atualizado: Quinta-feira, 30 Outubro de 2008 as 12

Nessa época do ano, em que a mídia nos bombardeia com mensagens relativas ao Dia dos Namorados e tudo ao nosso redor parece estar mais romântico, é comum ver garotos e garotas sendo tomados pela ansiedade e decidindo-se por começar a namorar precipitadamente.

Além de ser agradável aos seus olhos e ouvidos, o pretendido - ou pretendida - precisa ter algumas características indispensáveis para que o relacionamento seja bem sucedido. Então, sugiro que você comece a avaliar o comportamento dele - ou dela - em dois pontos reveladores: o compromisso com Deus e o amor à família.

Na igreja:

1.  Veja se leva Bíblia aos cultos. Crente sério não vai à igreja sem Bíblia.

2.  Observe como se comporta durante a pregação. Se é uma pessoa reverente e interessada nas coisas de Deus ou se fica disperso.

3.  Como ora? É fervoroso? Importa-se com os outros?

4.  Intercede na hora do apelo ou sai para dar uma voltinha.

5.  Ora pelos doentes?

6.  É companheiro?

7.  Veja quem são as companhias dele dentro e fora da igreja. Lembre-se de que escolhemos os amigos pelas afinidades.

8. Discute o tema da pregação depois do cultou ou nem se lembra do que foi dito?

9. Respeita os líderes?

10. É pontual?

11. É dizimista?

12. Faz jejum?

13. Oferece-se voluntariamente para ajudar nos trabalhos?

14. É carinhoso com as crianças e com os mais velhos?

15. Veste-se decentemente?

16. Desliga o celular na hora do culto?

17. Cede lugar para os mais velhos?

18. É um adorador ou gosta de ouvir músicas do mundo?

19. Fica paquerando os visitantes e novos membros solteiros?

20. Leva em conta a vontade de Deus para a sua vida emocional?

Com a família:

1.  Ele - ou ela - lava louças, o carro, ajuda a mãe ou é um folgado?

2. Como ele - ou ela - trata a mãe e o pai?

3. É amoroso?

4. Fala mal da família?

5. Desrespeita a autoridade do pai e da mãe?

6. Tem dificuldades para cumprir os compromissos?

7. Faz piadas com a forma física da mãe ou do mãe?

8. Ajuda a cuidar dos irmãos?

9. O quarto dele - ou dela - é organizado?

10. Colabora com o orçamento doméstico? Tem condições financeira para começar a planejar um casamento?

O casamento não muda ninguém. Só Deus muda. Os defeitos ficam mais evidentes quando você convive 24 horas por dia com uma pessoa. Ele - ou ela - será na casa de vocês como é hoje na casa dos pais dele

Como Deus só entrega bênção para bênção, proponho que você analise o seu próprio desempenho em cada um desses ítens. Se você foi reprovado em algum, está na hora de mudar. Deus não vai lhe entregar uma bênção enquanto você não for uma bênção para as pessoas.

"Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós a eles; porque esta é a lei e os profetas." - Mateus 7:12

Myrian Rosário é jornalista e pastora, Bacharel em Teologia pelo Seminário Teológico Batista Nacional Enéas Tognini. Juntamente com seu esposo, Pr. Luciano Avelino, atua no ministério de aconselhamento de casais, noivos, jovens e adolescentes.  Contato: [email protected]  

veja também