Transporte Escolar - O que levar em conta na hora da contratação

Transporte Escolar - O que levar em conta na hora da contratação

Atualizado: Quarta-feira, 13 Fevereiro de 2008 as 12

O que levar em conta na hora da contratação

 

Embora corriqueiro, o transporte de crianças para a escola é uma tarefa que exige responsabilidade. Afinal, nossos filhos são os nossos bens mais preciosos e precisamos estar atentos na hora de contratar o transporte escolar. Conhecer melhor o motorista e as condições do veículo são algumas dicas dadas pela Fundação Procon-SP. Saiba quais são os cuidados necessários antes de contratar esse serviço.

1. O veículo e o motorista que prestam serviço de transporte escolar devem ser credenciados na prefeitura. O credenciamento observa uma série de requisitos que visam garantir a segurança das crianças. Para saber se um condutor e o veículo estão autorizados a operar, procure informações junto às Prefeitura da sua cidade;

2. Busque recomendações sobre o motorista com outras pessoas que já tenham se utilizado do serviço e cheque informações sobre ele no Sindicato dos Transportadores ou no próprio Detran, fornecendo nome completo e o número do seu RG;

3. Observe como o motorista recepciona as crianças na porta da escola;

4. Verifique as condições de higiene, conforto e segurança.

5. Veja se há um cinto de segurança para cada ocupante e se as janelas não abrem mais do que 10 cm;

6. É importante que  haja outro adulto acompanhando as crianças, além do motorista no veículo;

7. Se o serviço é cobrado durante os meses de férias, tente negociar um abatimento.

8. Também é importante saber se você vai poder contar com o transporte escolar fora dos meses normais, em caso de recuperação do aluno;

9. Procure obter o endereço e telefone do motorista;

10. Ao firmar o contrato de prestação de serviço, exija por escrito tudo o que for combinado entre as partes, principalmente a identificação e o telefone, bem como as condições gerais do contrato, como período de vigência; horário e endereço de saída e chegada; valor da mensalidade; data e forma de pagamento; índice e forma de reajuste; percentual de multa e encargos por atraso no pagamento e condições para rescisão antecipada;

11. Em caso de cancelamento do contrato o pedido deve ser feito por escrito, com cópia protocolada, atentando-se para as condições acordadas na contratação;

12. Em caso de falta do aluno o desconto proporcional no preço é uma questão a ser acordada entre as partes. Entretanto, se houver algum problema com o veículo ou com o próprio condutor, o serviço deverá ser prestado através de outra condução/motorista, com as mesmas normas de segurança.

veja também