Tudo em família: negócio dos pais pode ser oportunidade positiva de primeiro emprego

Tudo em família: negócio dos pais pode ser oportunidade positiva de primeiro emprego

Atualizado: Quarta-feira, 6 Janeiro de 2010 as 12

Muita gente tem receio de trabalhar em empresa familiar, especialmente quando a empresa em questão é da própria família. Porém, este tipo de negócio pode ser uma boa oportunidade de primeiro emprego.

De acordo com a consultora de Carreiras da Career Center, Vera Vasconcellos, a experiência, se bem aproveitada, pode ser positiva e trazer várias vantagens para uma futura carreira dentro ou fora do negócio familiar.

Além disso, diz ela, deve-se levar em consideração a facilidade do acesso ao emprego, que se tornou mais difícil depois da crise internacional.

"A primeira vantagem é o acesso mais fácil ao emprego. Depois disso, a pessoa pode aproveitar a oportunidade para passar por vários setores da empresa, o que, certamente, será uma experiência positiva tanto se a pessoa decidir por seguir carreira na companhia, como se ela optar por entrar de fato no mercado de trabalho", explica Vera.

Pai é pai, chefe é chefe

Uma atitude, contudo, pode transformar a experiência de trabalhar no negócio da família em um verdadeiro pesadelo: a não separação dos papéis.

"É preciso separar os papéis, não transferir a relação pai/mãe e filho para o trabalho nem a de chefe e subordinado para casa", diz a consultora.

Como motivos para a importância de tal separação, Vera aponta o desgaste da relação familiar, um possível desconforto com os outros membros da empresa e uma futura dificuldade de adaptação em outros ambientes de trabalho.

O caminho do sucesso

Independentemente de se trabalhar ou não na empresa da própria família, alguns comportamentos devem sempre ser respeitados no ambiente de trabalho.

No caso daqueles que pensam em iniciar uma atividade no negócio dos pais ou parentes próximos, antes de tudo, pense bem na relação e, caso decida encarar o desafio, preste atenção às seguintes dicas para trilhar o caminho para o sucesso:

Ajuste-se. Procure ter um comportamento de acordo com as suas funções; observe os demais colegas e respeite os seus limites; Tenha clareza de qual é o seu papel, suas funções e obrigações; Respeite horários; Respeite o direito do outro, para conquistar sua confiança; Saiba ouvir. Por: Gladys Ferraz Magalhães

veja também