Um lar sem Deus não vai adiante, afirma assessora da Adhonep

Um lar sem Deus não vai adiante, afirma assessora da Adhonep

Atualizado: Segunda-feira, 8 Março de 2010 as 12

Prestando uma homenagem a todas as mulheres pelo seu dia internacional, o Guia-me buscou o testemunho de mulheres bem sucedidas, não só financeira ou socialmente, mas também nas áreas, familiar e espiritual.

Representante do Escritório Nacional e assessora do Apoio Feminino da Adhonep no Ceará, a empresária Sylvana Bezerra - esposa de Marcos Bezerra, dono de duas empresas de autopeças do estado - falou com exclusividade sobre suas experiências ministeriais, a transformação que Deus promoveu em sua vida e a importância de uma mulher buscar experiências pessoais com Deus, para que isso traga edificação ao seu lar.

Confira a entrevista, na íntegra:

Guia-me: A Adhonep é uma Associação de Homens de Negócios. Como é que as mulheres se fazem ativas em um grupo como este?

Sylvana Bezerra: Na verdade é uma Associação de Homens de Negócios, mas isso é de uma forma geral. Nós - mulheres - temos um trabalho muito forte na Adhonep ao lado dos oficiais que fazem parte dessa associação. Ela se baseia em testemunhos que são dados em eventos como jantares, cafés da manhã e chás. Nós temos um evento, nós o fechamos somente para o público feminino e trazemos uma preletora - local ou de fora - e ela vai compartilhar uma experiência que ele teve com Deus para as outras mulheres. Que fique bem claro que a Adhonep não é igreja, não é uma religião, mas sim uma associação para homens e mulheres de negócios, autoridades militares, autoridades civis, profissionais liberais e pessoas que não vão à igreja ''A'' ou ''B'', porque não têm tempo, não acreditam ou não gostam. Então nós trabalhamos em hoteis na cidade. A Adhonep existe em mais de 150 países do mundo e a gente promove um trabalho muito forte, levando testemunhos de vida, levando experiências de vida para esses homens e mulheres dentro de hoteis.

Guia-me: O que tem te marcado mais em tantos anos de atividade ministerial na Adhonep?

Sylvana Bezerra: O mais gratificante de estar dentro da Adhonep é ver vidas totalmente transformadas. Vidas de mulheres e homens que chegam lá e têm aparentement tudo, mas na verdade, não têm nada. Um casamento mal feito, com filhos totalmente envolvidos com drogas; mulheres mal amadas, que não sabem e nem querem perdoar; enfim, eu tenho visto nesses 15 anos, coisas tremendas como homens, mulheres e crianças sendo curadas... Tudo através do poder de Deus. Então isso é muio gratificante para mim e o meu marido.

Guia-me: O que uma mulher deve priorizar para viver bem?

Sylvana Bezerra: O que falo para as mulheres é que fundamentalmente, elas tenham Jesus Cristo como prioridade na vida delas. Que elas busquem Jesus Cristo, não através de religião, não através de doutrinas, mas uma experiência que elas possam ter com Jesus, através da Palavra, através de oração... que elas busquem a Deus, porque um lar sem Deus, principalmente nos dias de hoje é impossível ficar erguido, é impossível ele ir adiante. Eu mesma posso dizer que o meu lar, o meu casamento só está de pé agora há 21 anos, porque Jesus entrou e fez a diferença. Quando eu entrei para a Adhonep, eu também estava com um casamento totalmente complicado. O meu esposo estava querendo se separar de mim. A vida financeira também estava muito complicada, mas eu não tinha intimidade com Deus. Aí eu comecei a buscar a Deus, a descobrir esse Deus vivo e o que eu falo para todas as mulheres é: Busquem a Deus! Busquem ter experiência com Deus, que o seu lar vai ser totalmente transformado.

Guia-me: Então é bom lembrar que acima da Adhonep está sempre a busca por Deus, não é?

Sylvana Bezerra: Com certeza. A Adhonep é uma associação que ajuda. Então lá na Adhonep nós passamos experiências que nós tivemos com esse Deus: ''Você tem que buscar a Deus! Você tem que querer conhcer esse Deus e não só de ouvir falar. Um Deus realmente vivo, que está aí para nos ajudar e restaurar! É Deus! Para esse mundo de hoje, se não buscarmos a Deus, em sua essência, não há outra saída.

Guia-me: Como uma mulher que se importa com o bem estar do próximo é beneficiada?

Sylvana Bezerra: É beneficiada em tudo. Você se importar com a vida de outra pessoa, se preocupar, alimentar aquela pessoa na Palavra é tudo de bom, porque você vê a diferença nos lares. Você vê a diferença na vida das pessoas, no caráter delas. Então os benefícios são inúmeros. Então não adianta só viver nesse mundo, nessa sociedade só de aparências, só de vantagens. Não! Nós temos que realmente ajudar as outras pessoas. Isso é muito bom e muito gratificante.

Guia-me: A Adhonep busca mostrar aos homens e mulheres de negócios que o dinheiro não é tudo. Como se dá essa conscientização, não somente entre os homens, mas especificamente entre as mulheres?

Sylvana Bezerra: Através dos nossos relatos de vida, compartilhados nesses eventos, em hoteis. Testemunhos de muitos homens e mulheres bem sucedidos que passaram por momentos difíceis, como casos de doenças incuráveis, de separação, de uso de drogas dentro dos lares e, apesar de todo o dinheiro, status e influência na sociedade, eles não têm nenhuma vitória, não há saída para eles, se não for através da intimidade com Deus.

Guia-me: Muitos membros da Adhonep falam sobre os benefícios de buscar a integridade em seus negócios. Sabe-se que lidando com negociações tão rentáveis, há muitas oportunidades de se faltar com a honestidade em vários momentos. Quais os principais benefícios que a honestidade pode trazer para um empresário?

Sylvana Bezerra: Não é fácil para um empresário, manter-se íntegro com tanto impostos e cargos. Mas nós cremos nos poder da Palavra de Deus. Então através de testemunhos e da Palavra de Deus, eu creio na transformação desses empresários. O espírito santo de Deus é quem muda. A partir do momento que um empresário ou empresária reconhece Jesus Cristo como o seu Senhor e Salvador. Então se ela antes tinha ''falcatruas'' ou sonegava impostos, agora não vai mais fazer isso ou pelo menos vai tentar não fazer. Porque o espírito santo vai trabalhar a sua vida nessa área.

Por João Neto - www.guiame.com.br

veja também