"Vai ficar pra titia"

"Vai ficar pra titia"

Atualizado: Quarta-feira, 2 Setembro de 2009 as 12

Ouvi essa expressão algumas vezes. Por fora eu ria, mas por dentro eu me acabava. Meu coração ficava em cacos. Uma dor que carreguei por anos na minha vida. Passei a não confiar em ninguém. Não compartilhava abertamente sobre a minha condição de “solteira” com meus líderes ou com o meu pastor, pois temia ser motivo de piada. Não por eles, mas esse pensamento vinha à minha mente. Ficava com medo de ouvir a palavra “titia” de novo. No entanto, chegou o momento em que precisei me posicionar, reconhecer quem eu era no Senhor, a minha identidade, e buscar uma cura para minha alma. Honestamente não queria ficar para “titia”, mas cada vez que eu ouvia essa expressão, eu a guardava no meu coração para minha infelicidade.

Graças a Deus esse tempo passou.  O Senhor curou a ferida e hoje tenho um casamento abençoado. Contudo, infelizmente,  ainda  ouço a frase: “vai ficar para titia”,  e sinceramente não gosto nem um pouco dela, mesmo que seja uma “brincadeira”. Às vezes não percebemos, mas pode ser que tenhamos lançado uma palavra de maldição ou ferido alguém. Que possamos nos arrepender e que o Senhor possa nos perdoar pela nossa ignorância.

Quando ouço uma pessoa falando isso para alguém próximo a mim, pode ser conhecido ou não, eu repreendo em nome de Jesus. Aprendi que as nossas palavras devem ser temperadas sal, palavras com “sabor”, para que os nossos amigos tenham prazer em estar conosco, em nos ouvir. Nossos lábios foram feitos para abençoar, para “levantar” nossos irmãos e na mesma medida em que os abençoamos, seremos abençoados. A lei da semeadura também vale para situações assim.

Sem perceber, podemos estar invadindo a intimidade do nosso(a) amigo(a). Não sabemos como está o coração dele e nem o nível de cura que ele(a) pode estar passando.

Precisamos aprender a respeitar os limites de cada um. Até os nossos. Todos temos nossas particularidades, nossa intimidade e o nosso coração só o Senhor conhece.

Uma das piores coisas da vida é a solidão. Tão pior quanto, é o fato de não poder confiar em alguém, não poder compartilhar as dores com medo de se tornar motivo de piada. Amigos, que estão feridos, se fecham ainda mais quando não têm alguém pra confiar.  E creio que o desejo do coração de Deus é que tenhamos amizades duradouras e saudáveis independentemente do estado civil.

Não sabemos o motivo de a pessoa estar ainda solteira. Pode ser pela idade ou até por escolha própria. Não entendemos a situação dos nossos solteiros e os empurramos para o casamento, como se isso fosse a solução de todos os problemas.

Podemos ser amigos melhores, então desenvolvamos uma amizade baseada em oração, amor, respeito e sem interesses. Que possamos ser amigos mais chegados que um irmão.

Escrito Por Jaqueline Santos Sales

veja também