Verão é a estação para intensificar o uso do filtro solar

Verão é a estação para intensificar o uso do filtro solar

Atualizado: Sexta-feira, 19 Dezembro de 2008 as 12

Muitas pessoas não vêem a importância do uso de protetores solares. Quando os usam, só se lembram de faze-lo no verão ou sob sol forte. Os produtos com filtro solar devem ser aplicados diariamente na pele exposta do rosto e do corpo. Hoje em dia, eles são ainda mais necessários: o efeito estufa e a radiação solar mais forte são fatores de maior agressão à pele. Com o tempo, essa agressão pode se transformar em flacidez e até câncer de pele.

"A ação dos raios (solares ou de lâmpadas) afetam as fibras de colágeno e elastina e cria flacidez e manchas. Com a mutação de genes, pode causar até câncer de pele", afirma Joyce Rodrigues, farmacêutica bioquímica, cosmetóloga e diretora científica da Pro Life do Brasil - fabricante das linhas de cosméticos Biomarine (para uso do consumidor final) e Cosmobeauty (criada especialmente para uso de profissionais, como médicos e esteticistas, em cabine). Joyce esclarece que, mesmo dentro do carro ou do escritório, os raios solares atravessam os vidros. "Dentro dos ambientes, as lâmpadas também emitem raios prejudiciais à pele", explica.

Joyce dá dicas importantes sobre proteção solar:

Proteção: Mesmo debaixo de guarda-sol é necessário usar protetor solar. O mesmo vale para quando o sol aparentemente não está intenso, ou seja, quando existe apenas aquele mormaço.

Onde aplicar: Para a exposição ao sol com pouca roupa, seja na praia, no campo ou na piscina, é preciso lembrar de aplicar o produto em todas as partes do corpo. "É comum as pessoas se esquecerem de aplicar em volta dos olhos (porque estão usando óculos), no pescoço, nas orelhas, no meio das pernas, no antebraço, nos pés, nas mãos e nas partes calvas", observa Joyce, que adverte: "O esquecimento pode causar queimaduras e envelhecimento precoce dessas áreas".

Lábios: Os lábios também devem ser protegidos. Para evitar seu ressecamento e inchaço, é necessário o uso de filtro solar específico, rico em manteiga de karité. "Existem produtos que deixam os lábios com aspecto bastante natural". É preciso, também, reaplicá-los sempre que houver a sensação de ressecamento, com ou sem a exposição ao sol.

Como aplicar: A ordem geral é aplicar os protetores solares 20 minutos antes de se expor ao sol. E reaplicar a cada três horas ou a cada 40 minutos, quando entrar na água ou transpirar em excesso. Mesmo usando protetor solar, deve-se evitar a exposição direta ao sol no período entre 10 e 16 horas (11 e 17h, no horário de verão).

O fator solar: A escolha do fator solar (4, 8, 15, 20, 30 ou 66) deve ser feita de acordo com a sensibilidade de cada pele ao sol e conforme a intensidade de exposição. Em geral, são indicados os fatores entre 15 e 30, que não chegam a bloquear, mas protegem dos raios. Para o rosto e partes mais sensíveis, deve ser usado fator de proteção solar mais alto que o resto do corpo.

Fórmulas caseiras: Ainda são usadas por quem tem pressa de se bronzear. Joyce alerta: "Fórmulas caseiras à base de refrigerantes de cola, óleo de cozinha, folhas de figo, por exemplo, podem queimar gravemente a pele. Felizmente, com a maior oferta de protetores solares, inclusive para consumidores de baixo poder aquisitivo, elas são menos utilizadas".

veja também