Vidas secas

Vidas secas

Atualizado: Terça-feira, 1 Novembro de 2005 as 12

Simei Gonçalves

[email protected]

O que você tem em abundância não costuma parar para pensar sobre. A água é uma delas. Dentro de casa a água é indispensável e só sabemos sua utilidade quando não a temos. No trabalho, em casa, na empresa, na faculdade, nos grandes e pequenos centros a água está presente.

Sem água não se tem comida. Pense no banho depois de um dia muito cansativo de trabalho. A gasolina, o bebê dentro da barriga da mãe fica mergulhado na água e pode-se estender esta lista em muito mais pra comprovar sua utilidade.

Em algumas partes do Nordeste a seca é um mal terrível, você vê isto pela televisão; as pessoas evitam esses lugares. Já as cidades cartesianas como Água de São Pedro, São Lourenço, Águas de Lindóia, são lugares que atraem as pessoas pela qualidade da água.

Há uma expressão na Bíblia, que convida você a pensar que tipo de vida você vem vivendo: como fonte de águas ou uma vida seca?

Em Jerusalém nos tempos de Jesus era comemorada a festa dos Tabernáculos por sete dias. Muitas pessoas vinham participar e um cerimonial era realizado. Os sacerdotes traziam um litro e meio de água num vaso de ouro e depositavam numa taça de prata dentro do templo, simbolizando a provisão que Deus havia dado a seu povo na época de Moisés.

Jesus ao olhar para as pessoas que estavam participando identificou que suas vidas eram secas, vazias, sem sentido, sem interesse pelo que é eterno e fez uma proposta:  "Quem crê em mim, como diz as Escrituras, do seu interior  fluirão rios de água viva".

Ao dizer isto não via neles a sede biológica, não falava da sede que você sente depois de comer uma comida salgada, depois de fazer exercícios físicos, mas fala da sede da alma, pessoas que tem tudo e ao mesmo tempo não tem nada.

Ele garante que todo que Nele crer, terá uma vida como fonte abundante. Interiormente será como rios de água viva. Faz associação entre a cerimônia do derramamento de água e o derramar do Espírito.

Isto tem haver com a pessoa cheia do Espírito Santo, uma condição tão mal compreendida entre muitos cristãos.

Através deste texto pode-se compreender que ser cheio do Espírito Santo é muito mais do que apenas falar em línguas, cair no chão, ler a Bíblia várias vezes no ano, colocar as mãos sobre as pessoas doentes e elas serem curadas. Ser cheio do Espírito Santo é ter dentro de si uma válvula, um gerador que te impulsiona pra vida, mas vida com sentido, com direção, com ideais centrados no crescimento do reino de Deus.

 Cada momento ganha um significado diferente quando você é cheio do Espírito Santo.

Água é símbolo de bem estar que só pode vir por meio de Jesus; da verdadeira fé Nele. Deus não tem interesse que sua vida seja composta apenas de um litro e meio de água a exemplo do cerimonial dos sacerdotes em Jerusalém; mas Ele quer você como rios, como fontes de águas. O fato de a água fluir indica abastecimento, estar á disposição para uso, para quem necessitar.

Quando o Espírito Santo flui dentro de você as pessoas ao seu redor são abençoadas por sua vida. Seu lar, seu trabalho, a faculdade que você freqüenta, seus amigos, sua família e todos que se aproximam de você, serão de certa forma abastecidos, de paz, de alegria, de esperança, de uma palavra sábia e outras virtudes recebidas de Deus.

Ser cheio do Espírito Santo, uma fonte que jorra para a vida eterna é ter desejo de viver e prazer de realizar para o crescimento do reino de Deus.

O que tem sido sua vida: seca ou uma fonte fluente?

Leia também

Fé se prova com obras Sabendo escolher os amigos Jovem nao viva fugindo de Deus Vidas secas Jovem: Diferente numa geração perversa Jovem: Profissional na vida cristã  

veja também