Virgindade: Porque devo preservá-la até o casamento?

Virgindade: Porque devo preservá-la até o casamento?

Atualizado: Terça-feira, 7 Abril de 2009 as 12

Porque não ter um relacionamento íntimo antes de casar? Essa certamente é a pergunta que mais circula entre a juventude cristã nos dias de hoje. O conflito é maior ainda quando o jovem não se alimenta da Palavra de Deus.

Os apelos visuais que a mídia oferece são muitos. A batalha para se manter santo em um relacionamento de namoro e noivado, torna-se mais árdua a cada dia. Basta que um ceda e o estopim automaticamente se acenderá.

Dizer que tudo é muito fácil é ser cruel e omisso. A juventude precisa receber apoio de pessoas experientes e comprometidas com a Palavra de Deus. É preciso haver entre o casal de namorados ou noivos, cumplicidade no querer santificar-se e compromisso no ceder aos desejos e vontades da carne.

Durante esse período, pode acontecer de o rapaz ou a moça terem um momento de fraqueza, desejando algo mais do outro. Esse despertar é perfeitamente natural. O cuidado, no entanto, é com a permissão de carícias que certamente aumentarão com o tempo.

Muitos jovens acham que o sexo antes do casamento fará conhecer o verdadeiro amor. Isso está completamente fora do centro da vontade de Deus. No livro de 1Tessalinissensses, 4:3, a Bíblia relata que a vontade de Deus é que o homem se santifique e que se abstenha da prostituição. Sexo fora do casamento é totalmente reprovado por Deus.

De acordo com alguns cristãos, responsáveis em terapia com jovens em orientação sexual pré-matrimonial, o tema precisa ser abordado com muita sabedoria. Clara de Amorim, que trabalhou com vários jovens dentro das igrejas por muitos anos, procura sempre orientar os casais jovens, explicando que o sexo como um simples prazer de momento, ou como um ato físico, só traz frustrações futuras. O sexo precisa ser analisado como uma união entre duas pessoas numa só. O ato é tão íntimo que se pode dizer que uma parte do sentimento de um acaba ficando com o outro.

A Bíblia diz que é melhor casar-se do que abrasar-se. (1Cor 7:8,9). Um pouco mais à frente no mesmo livro, no capítulo 7, versículo 32, a Palavra de Deus diz que o corpo não é para a prostituição, senão para o Senhor. Deus fala claramente sobre a fornicação, que é o sexo pré-nupcial.

Há sempre um sentimento de culpa quando se está fora da vontade de Deus. Se alguém, no entanto, confessa os seus pecados e mostra arrependimento, Deus ama, perdoa e levanta.

O meia Kaká, do Milan, jamais omitiu da imprensa o seu temor a Deus com respeito a esse assunto. Seu amor ao Senhor é transparente mesmo diante do sucesso. Kaká já declarou várias vezes à imprensa que se manteve virgem até o casamento, mas que essa atitude foi um sacrifício difícil de ser superado.

"Sou um homem como outro qualquer. Não foi fácil chegar ao casamento sem ter estado com uma mulher. Com Caroline, nos beijávamos e havia desejo, mas sempre seguramos a barra. A Bíblia diz que o amor verdadeiro se encontra na noite de núpcias. Se hoje a nossa vida é maravilhosa, é porque soubemos esperar pelas coisas. Para nós, a primeira noite foi belíssima." Disse o jogador à edição italiana da revista Vanity Fair

A virgindade, tanto para o homem quanto para a mulher, é fator de muita importância para Deus. No caso de rapazes e moças que se converteram após já terem tido relacionamentos sexuais, o que vai ter peso são suas atitudes dali para frente

veja também