Virtudes do nascido do Espírito

Virtudes do nascido do Espírito

Atualizado: Terça-feira, 26 Fevereiro de 2008 as 12

Virtudes do nascido do Espírito

O que Deus espera dos Seus filhos e o que os identifica? Ora, os frutos do Espírito identificam os nascidos do Espírito. Cada item do fruto espiritual reflete um todo do caráter de Deus. São eles:

Amor - a Deus e ao próximo como a si mesmo. É infinitamente maior do que um simples sentimento; é o próprio Deus agindo no interior, para fazer sentir o Seu sentimento.

Alegria - a alegria do Espírito é espiritual e constante, mas a da carne é vulgar e passageira. A alegria espiritual mostra uma fisionomia amigável, branda e serena para com todos, inclusive para com os incrédulos.

Quem é de Deus exala naturalmente o Seu perfume, conforme está escrito: "Porque nós somos para com Deus o bom perfume de Cristo, tanto nos que são salvos como nos que se perdem." 2 Coríntios 2.15

A antipatia, por sinal, é uma das características de uma pessoa oprimida, mas a simpatia espiritual é alegria natural, proveniente de Deus.

Não se pode querer impor às pessoas nascidas da carne algo inerente apenas aos nascidos do Espírito.

Paz - esta é uma das características mais acentuadas na vida dos nascidos de Deus, que exalam Sua paz, porque neles vive o Príncipe da Paz. Ainda que estejam vivendo em meio à guerra, seu interior está em perfeita paz.

O Senhor Jesus prometeu: "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize." João 14.27

Longanimidade - o nascido do Espírito nunca se desespera diante das dificuldades, porque tem firmeza de ânimo, é perseverante e paciente.

Afinal de contas, o Espírito que nele habita é o Espírito do Eterno: "Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação" (2 Timóteo 1.7).

Benignidade - o nascido de Deus tem o caráter naturalmente agradável e inofensivo. Cuida para não ofender ninguém.

Bondade - Deus é bondade e misericórdia, e o nascido d?Ele tem na bondade e nos bons olhos para com seus semelhantes a Sua marca: "Assim falara o Senhor dos Exércitos: Executai juízo verdadeiro, mostrai bondade e misericórdia, cada um a seu irmão." Zacarias 7.9

Fidelidade - o profeta Jeremias louvou ao Senhor, dizendo: "Grande é a tua fidelidade" (Lamentações 3.23).

Sim, a fidelidade faz parte do Seu caráter e, obviamente, quem nasce d?Ele também manifesta o mesmo caráter de lealdade.

Mansidão - Davi disse: "Mas os mansos herdarão a terra e se deleitarão na abundância de paz" (Salmos 37.11).

O Senhor Jesus repetiu a mesma promessa, em outras palavras: "Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra" (Mateus 5.5).

A mansidão caracteriza bem os nascidos de novo, porque logo após sua regeneração, passam a ter um temperamento manso. E aqui está a razão por que o cristão verdadeiro é tipificado pela ovelha, animal pacífico.

Domínio próprio - os nascidos do Espírito obrigatoriamente são mental e emocionalmente equilibrados. São até capazes de se irar, quando necessário, mas também não têm dificuldade em reconhecer, com humildade, suas falhas.

São, portanto, moderados não apenas no convívio entre irmãos, mas também no comportamento social.

Postado por: Claudia Moraes

veja também