Você sabia que a consulta ao oftalmologista deveria ser obrigatória para as gestantes?

Você sabia que a consulta ao oftalmologista deveria ser obrigatória para as gestantes?

Atualizado: Quinta-feira, 15 Outubro de 2009 as 12

Pois saiba de que um recente estudo feito com 1007 brasileiros pela empresa Transitions mostrou que 85% dos entrevistados não sabiam quais problemas de visão podem aparecer ou piorar durante a gravidez. A médica Denise Fornazari, coordenadora do núcleo de Prevenção à Cegueira da Universidade Estadual de Campinas, explica abaixo os cuidados que você precisa ter:

1) Consulta

Assim que você descobrir que está grávida, marque uma visita ao oftalmologista, mesmo que nunca tenha usado lentes de contato ou óculos. No terceiro trimestre repita a consulta.

2) Lentes de contato

As mudanças hormonais esperadas na gestação podem causar também alterações na córnea. Você pode passar a ter intolerância à lente. Se o incômodo for grande demais, você pode optar por lentes mais finas ou então adotar os óculos.

3) Aumento do grau

Isso pode acontecer, especialmente no fim da gestação. Se a diferença não for grande, melhor não trocar a lente. O problema regride no pós-parto - na maioria dos casos, desaparece totalmente.

4) Colírios

Assim como os demais medicamentos, você precisa perguntar para o oftalmologista qual colírio pode usar. A maioria deles não passou por testes específicos que avaliaram a segurança do uso durante a gestação.

5) Diabetes gestacional ou hipertensão

Quem tem esse diagnóstico precisa fazer um acompanhamento mais frequente com o oftalmologista.

6) Miopia e parto normal

Durante a gestação, o corpo da mulher retém líquido por causa das alterações hormonais e fica inchado. O mesmo acontece com as córneas. Em algumas grávidas, esse inchaço causa o aparecimento da miopia. Para quem já sofre com o problema, o grau pode aumentar. Por isso, os oftalmologistas indicam que a gestante não faça exames de visão. Se você, porém, tem miopia com grau alto (acima de sete), deve procurar o oftalmologista assim que descobrir que está grávida e fazer um exame chamado mapeamento de retina.

O alto grau de miopia pode ser um impedimento para o parto normal. Imagine que a sua córnea é uma bexiga cheia e a retina (responsável por captar a imagem e enviá-la ao cérebro), um plástico bem fino que envolve o balão. A qualquer movimento brusco, a bexiga se romperá. É isso que pode acontecer quando a mulher faz muita força, como durante o parto normal. Em casos extremos, a retina pode se descolar e até causar cegueira. Quando o bebê nasce e o corpo da mulher se recupera, a córnea também volta ao normal.

veja também