“Evangélicos valorizam mais do que judeus”, diz Trump sobre embaixada em Israel

O presidente americano afirma que evangélicos são mais gratos pelo reconhecimento de Israel do que judeus.

fonte: Guiame, com informações de Times of Israel

Atualizado: Terça-feira, 26 Junho de 2018 as 12:21

Donald Trump em entrevista com o ex-governador Mike Huckabee na Casa Branca. (Foto: White House/Joyce N. Boghosian)
Donald Trump em entrevista com o ex-governador Mike Huckabee na Casa Branca. (Foto: White House/Joyce N. Boghosian)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acredita que os evangélicos têm valorizado mais sua decisão de transferir a embaixada dos EUA para Jerusalém do que os próprios judeus.

A afirmação de Trump foi feita durante uma entrevista com Mike Huckabee, ex-governador do Arkansas, em um talk show na rede de televisão TBN. O programa foi gravado na Casa Branca em 18 de junho.

“Eu recebo mais chamadas de agradecimento dos evangélicos — vejo isso no público e tudo mais — do que entre as pessoas judias”, disse o presidente americano. “O povo judeu gosta disso, mas os evangélicos valorizam mais do que os judeus.”

Em resposta, Huckabee declarou: “Não é surpresa, senhor presidente, porque os evangélicos são pessoas do Livro. Eles acreditam que você cumpriu uma promessa, um compromisso de 3 mil anos para reconhecer Jerusalém como a capital [de Israel]”.

“Eu acho que é algo legal de se dizer, porque realmente afeta mais o povo judeu na teoria, mas como você disse, pessoas do Livro, pessoas da Bíblia”, acrescentou Trump. “Mas os evangélicos realmente apreciam isso e isso me faz sentir bem”.

Em maio, Huckabee também participou da abertura da embaixada dos EUA em Jerusalém. “Foi uma promessa de campanha, eu ia mantê-la”, disse o presidente americano sobre o movimento da embaixada.

Trump observou que nunca entendeu por que os presidentes anteriores não fizeram a transferência da embaixada em Israel, até começar a receber telefonemas de dezenas de líderes mundiais pedindo para o movimento não ser feito.

veja também