Israel completa 70 anos e celebra aniversário com festas

Israel celebra o 70º aniversário de sua fundação, que foi consolidada em 14 de maio de 1948.

fonte: Guiame, com informações de Times of Israel

Atualizado: Quarta-feira, 18 Abril de 2018 as 4:17

Israelenses diante dos fogos de artifício no início das comemorações da Independência de Israel. (Foto: AFP Photo/Menahem Kahana)
Israelenses diante dos fogos de artifício no início das comemorações da Independência de Israel. (Foto: AFP Photo/Menahem Kahana)

A partir do entardecer desta quarta-feira, Israel estará celebrando o 70º aniversário de sua fundação, que foi consolidada em 14 de maio de 1948. Nesta quinta-feira (19) o país celebra o Dia da Independência de acordo com o calendário hebraico, que marca o dia 5 do mês de Iyar.

No início da noite, israelenses se reuniram para celebrar o aniversário de seu país com discursos, shows, fogos de artifícios e bandeiras estendidas. A cerimônia de celebração contou com um musical da história judaica que retratou acontecimentos bíblicos.

Em abril de 1947, uma Assembleia Geral da ONU, presidida pelo diplomata brasileiro Osvaldo Aranha, votou o Plano da ONU para a partição da Palestina de 1947, que culminou na criação do Estado de Israel. Em 14 de maio de 1948, seis horas antes do término oficial do Mandato Britânico da Palestina, David Ben Gurion, que seria o primeiro governante israelense, leu a declaração de Independência de Israel.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta quarta-feira (18) que o país está “apenas começando” sua história. “Estamos apenas começando. Setenta anos são um piscar de olhos em termos históricos. Não tenho dúvidas de que, daqui a 70 anos, Israel será ainda mais forte, ainda mais próspero do que é hoje”.

“Enquanto viajo pelo mundo encontrando outros líderes, fico impressionado com a admiração deles por Israel. Eles buscam a tecnologia de Israel. Eles buscam a engenhosidade de Israel. Eles buscam o talento de Israel”, afirmou Netanyahu.


Fogos de artifício vistos sobre o Knesset em Jerusalém, marcando o início das comemorações. (Foto: Yonatan Sindel/Flash90)

O presidente israelense Reuven Rivlin também saudou as conquistas do país e agradeceu a todos os que defendem Israel. “É meu desejo que, junto com você, Israel continue a crescer e se desenvolver para o benefício de todos os povos, em todo o mundo”.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aproveitou a celebração para reafirmar o compromisso de seu país com Israel.

“Felicidades ao primeiro-ministro Netanyahu e a todo o povo de Israel no 70º aniversário de sua grande independência. Não temos melhores amigos em nenhum lugar. Ansioso para mudar nossa embaixada para Jerusalém no próximo mês”, disse Trump no Twitter.

Quando Trump reconheceu formalmente Jerusalém como capital de Israel em dezembro passado, ele também prometeu levar a embaixada dos EUA para a cidade sagrada. Em janeiro, ele anunciou que o processo seria acelerado e que uma nova instalação seria inaugurada em 14 de maio, coincidindo com o aniversário de Israel.

Uma cerimônia de inauguração está sendo planejada para meados de maio. Trump ainda não se comprometeu a participar, mas seu assessor e genro Jared Kushner, junto com Ivanka Trump, estão planejando comparecer no evento, de acordo com o site Times of Israel.

veja também