Mais de 5.000 cristãos marcham em Jerusalém para celebrar a Festa de Sucot

A Marcha de Jerusalém, que está em sua 64a edição, acontece anualmente em Israel durante a Festa dos Tabernáculos.

fonte: Guiame, com informações do Jewish News Syndicate

Atualizado: Sexta-feira, 18 Outubro de 2019 as 9:29

Brasileiros estiveram entre os participantes de marcha na Festa dos Tabernáculos em Jerusalém. (Foto: Marc Israel Sellem/The Jerusalem Post)
Brasileiros estiveram entre os participantes de marcha na Festa dos Tabernáculos em Jerusalém. (Foto: Marc Israel Sellem/The Jerusalem Post)

Mais de 5 mil cristãos de todas as partes do mundo se reuniram nesta quinta-feira (17) para a Marcha de Jerusalém, que acontece anualmente em torno da capital de Israel durante o Sucot (Festa dos Tabernáculos). Houve cerca de 10 mil participantes no total.

A marcha foi formada por visitantes de mais de 100 países, como Brasil, China, Bulgária e Filipinas. Muitos dos peregrinos cristãos chegaram através da Embaixada Cristã Internacional de Jerusalém (ICEJ), organização que conecta cristãos de todo o mundo a Israel.

“O mundo inteiro está aprendendo que os gentios podem vir celebrar a Festa dos Tabernáculos com o povo de Israel”, disse David Parsons, porta-voz da ICEJ.

“É uma tradição antiga que revivemos nos últimos 40 anos e mostra que vivemos e precisamos de tempos proféticos”, acrescentou Parsons. “Eles querem vir e ver o milagre moderno de Israel sobre o qual a Bíblia falou”.

Este ano, na 64a edição da marcha, o ICEJ trouxe sua primeira delegação de evangélicos do Egito, inspirada na passagem bíblica de Zacarias 14:18, que diz que se os egípcios não celebrassem o Sucot em Jerusalém, sofreriam uma seca.


Brasileiros estiveram entre os participantes de marcha na Festa dos Tabernáculos em Jerusalém. (Foto: Yonatan Sindel/Flash90)

O pastor M. Moran Rao, diretor de um ministério cristão em Visakhapatnam, na Índia, também visitou Jerusalém com sua esposa para a Festa dos Tabernáculos para mostrar seu apoio a Israel.

Rao acredita que a peregrinação a Jerusalém trará bênçãos para seu ministério no sul da Índia: “A Bíblia diz para orar pela paz de Israel, e se você abençoar Israel, você será abençoado”, disse ele ao Jewish News Syndicate.

O pastor afirmou que a marcha é profética, pois a Bíblia fala de uma época em que “todos os quatro cantos da terra virão e se alegrarão em Jerusalém”.

O prefeito de Jerusalém, Moshe Leon, acompanhado pela orquestra da polícia, liderou a multidão em direção à Associação Cristã de Moços (ACM), onde cumprimentou os participantes.

“Dezenas de milhares de moradores e visitantes de todo o país, que vêm a Jerusalém e caminham por locais bonitos e tradicionais da cidade, são um espetáculo emocionante e único”, disse o prefeito. “Jerusalém hospeda centenas de milhares de visitantes e turistas durante o feriado de Sucot, desfrutando do charme da cidade, de nossos locais incríveis e das atrações únicas que só existem em Jerusalém”.

veja também