A 2ª edição do Dia do Bem já está pronta para começar e impactar a região da Cracolândia

No aniversário de SP, evangélicos vão impactar a Cracolândia

Atualizado: Quarta-feira, 25 Janeiro de 2012 as 2:27

No dia 25 de janeiro, São Paulo completa 458 anos de história. Em 2012, porém, a comemoração será diferente, graças a voluntários de organizações associadas a Rede Social do Centro, responsável pelo resgate de milhares de jovens e adultos do poder das drogas. A 2ª edição do Dia do Bem já está pronta para começar e impactar a região da Cracolândia.
     Cenário de violência e vidas entregues ao crack, as ruas que integram a região mais devastada da cidade de São Paulo foram destaque na imprensa após a faxina organizada pelo governo do Estado junto aos carrascos sem controle da polícia militar. Uma operação de agressividade extrema e desnecessária, beirando o fracasso e resultando na fuga de viciados por outras regiões da cidade. Resultados positivos ninguém viu,  doentes pela droga não puderam ser tratados por mera imprudência dos que autorizaram o ataque antes mesmo da criação de um Centro que atendesse e tratasse os que hoje moram na Cracolândia. É aí que entra a  participaçãodos grupos evangélicos, atuando hoje como verdadeiros heróis, cobrindo os buracos que autoridades deixam pelo caminho. É graças a eles que nem tudo está perdido.
      Nesta segunda edição, o Dia do Bem  funcionará com duas ações: um Mutirão Social na Praça Princesa Isabel e a Marcha do Bem, que vai percorrer o centro velho de São Paulo. Será feita uma abordagem com moradores de rua em todo perímetro, com intuito de cadastrá-los nos sistemas social e de saúde do município e oferecer tratamento e vagas em  clinicas particulares e publicas.  A marcha vai sair da Praça da Sé, onde será realizado um ato cívico, no Pátio do Colégio, e seguir até o Largo Coração de Jesus.
     No dia 3 de dezembo de 2011, a primeira edição do ‘Dia do Bem’ foi uma das primeiras e mais significativas ações de evangelismo e reabilitação na região da Cracolândia. Daniel Beltrão, um dos organizadores da inicitiva analisa o desafio deste ano: “Este ano será mais difícil, pois os viciados estão com medo e espalhados pelas outras ruas”.
Entidades envolvidas
Conheça s as entidades envolvidas no Dia do Bem
Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Esportes, Cruz Vermelha-SP, Tribunal de Justiça, Secretaria da Segurança Pública, Coordenadoria dos Conseg’s, PM, Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, JEAME, Ministério Público Federal, Defensoria Pública Estadual, Exército da Salvação, Cristolândia, Missão Cena, Renas, GCM, Virando o Jogo, Clinica Reviver, Clinica Veredas, Missão Filadélfia, Sub Prefeitura da Sé, Comunidade Evangélica do Bixiga, Igreja da Família, Igreja Batista do Povo, Porto Seguro, Casa de Recuperação Novo Amanhecer, Desperta Débora, CARREDI, Desafio Jovem Peniel – Mairiporã, Casa de Desafio “O Rei das Ruas”, Valentes de Davi, Ministério Fogo Cruzado, Comunidade Evangélica Nova Aliança, Comunidade Adoração e Adoradores, Igreja Batista Palavra Viva, Cristo é Vitória, Rádio Transmundial, Cerevi – Centro de Recuperação de Vidas.

veja também