A misericórdia de Deus - Pr. Abel Alves de Moraes (JEAME)

A misericórdia de Deus - Pr. Abel Alves de Moraes (JEAME)

Atualizado: Quarta-feira, 5 Agosto de 2009 as 12

É inevitável sair às ruas do centro de São Paulo para evangelizar e não se perguntar: Será que há solução para este povo das ruas: jovens, crianças, adultos, delinqüentes, drogados, bandidos, assassinos? Alguns deles até já passaram anos nas prisões. Será que tem jeito?

Quando entendemos a misericórdia de Deus, somos impulsionados a ir ao extremo atrás dos perdidos para lhes dar a boa notícia. Eles têm jeito, sim! Deus os ama e é rico em misericórdia para com cada um deles. Deus os transforma de tal maneira  que ficam irreconhecíveis. E para melhor!

Misericórdia é uma palavra tão comum no nosso vocabulário, mas nem sempre entendida na sua profundidade. Poderíamos dizer que o amor de Deus tem duas partes: a graça e a misericórdia.  

Simplifiquemos graça, dizendo que é o favor de Deus para nós. E é. Mas alguém expandiu essa idéia dizendo que "graça é o poder de Deus para satisfazer nossas necessidades mais profundas sem qualquer custo para nós".

Uma boa maneira de entender a misericórdia é perceber como ela se relaciona  com a graça.

Graça - É receber algo que não se merece/ favor sem merecimento algum da nossa parte.

Misericórdia - É não receber aquilo que merece/ punição impedida, punição contida.

Amor de Deus - misericórdia e graça ao pecador

Paulo, em Efésios 2.3-5 nos diz: "...e éramos  por natureza filhos da ira, como também os demais. Mas Deus, sendo rico em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossos delitos, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos)."

Poderíamos parafrasear Paulo dizendo: Eles estavam fadados a viverem dessa maneira: nas ruas, na sujeira, nas drogas, infringindo a lei, sendo um risco para a sociedade. Mas a misericórdia de Deus é muito grande, e o seu amor por eles é tão intenso, que ele os trouxe para a vida e por sua graça são salvos. Biblicamente, tem jeito!

Em frente a minha casa, parava sempre um caminhão com a inscrição no pára-choque: "Hoje Ele é teu Salvador, amanhã será teu juiz". Na realidade, Deus sempre será o Soberano que tem pleno direito sobre nossas vidas. Nossas transgressões só merecem mesmo uma sentença: "Está condenado"! Mas por causa de sua misericórdia, a punição é impedida!

Termino esta conversa lembrando Santo Agostinho pregando  sobre a parábola do Filho Pródigo, quando o pai vai ao encontro do filho: Que significa ir ao encontro, senão antecipar-se pela misericórdia? Pois "estava ainda longe, quando seu pai o viu, e, movido pela misericórdia, correu-lhe ao encontro".

Quando evangelizamos, estamos personificando a misericórdia do Pai que vai ao encontro do filho maltrapilho.  Tem jeito, porque tem a misericórdia de Deus!

Escrito por: Pr. Abel Alves de Moraes

veja também