ACE promove doação à entidade assistencial de Arujá

ACE promove doação à entidade assistencial de Arujá

Atualizado: Quinta-feira, 17 Fevereiro de 2011 as 1:34

A Creche Acalanto foi a instituição beneficiada e as crianças assistidas pela entidade receberão os donativos.

Nesta terça-feira, 15, a ACE (Associação Comercial e Empresarial de Arujá) promoveu mais uma ação de solidariedade. Desta vez, a beneficiada foi a Creche Acalanto que recebeu doação de roupas e calçados.

Os donativos foram arrecadados após o término da campanha "Ação Solidária ACE Arujá em prol das vítimas do Rio de Janeiro". Para não desperdiçar as doações que tão generosamente foram dadas e que continuaram chegando, a ACE decidiu beneficiar aqueles que também necessitam de assistência na cidade.

Durante a campanha foram arrecadadas mais de quatro toneladas de alimentos, roupas, água, brinquedos, fraldas, materiais de higiene e limpeza que foram destinadas e entregues às vítimas do Rio de Janeiro. A empresa LDB, que efetuava o transporte, parou de enviar porque encontrou um problema de logística no local das entregas.

Na ocasião, a campanha em Arujá foi promovida pela ACE que contou com a colaboração da ACONDA, Aecia, APIA, Unicon e Sincomércio. "Na hora que decidimos fazer a campanha, nós procuramos a AECIA na pessoa do Sérgio, a APIA, senhor Guilherme, a Aconda com o Paulo Dionísio, e foi impressionante a boa vontade e a dedicação de cada um deles e a vontade de se doar e fazer", afirmou o presidente da ACE, João Carlos Romão.

João Romão disse que as pessoas que sentirem no coração a vontade de realizar doações podem continuar enviando seus donativos para a ACE. "As doações que chegarem encontrarão destino certo. Aqui mesmo na nossa cidade, temos instituições sérias que auxiliam, e muito, as pessoas mais necessitadas e saberão dar um bom destino para o que doarmos".

A Creche Acalanto é conhecida por promover e educar as crianças arujaenses. A instituição é mantida graças às doações que recebe periodicamente. As roupas e calçados serão distribuídos entre aqueles que são assistidos pela Creche e que estejam mais necessitados. O que não for destinado a eles, será encaminhado ao bazar que a instituição promove e revertido em melhorias para as crianças da entidade.

veja também