Advogado de Asia Bibi pede audiência do recurso "em prisão"

Advogado de Asia Bibi pede audiência do recurso "em prisão"

Atualizado: Sexta-feira, 21 Janeiro de 2011 as 12:19

Representantes legais de Asia Bibi têm pedido que a audiência de seu recurso aconteça dentro das paredes da prisão, temendo a possibilidade de uma execução sumária se ela fizer uma aparição no Tribunal Superior de Lahore.

Nesta foto em 20 de novembro de 2010, a Cristã Paquistanesa, Asia Bibi escuta o Governador paquistanês de Província de Punjab Salman Taseer em uma prisão em Sheikhupura perto de Lahore, Paquistão. O presidente do Paquistão não irá imediatamente o perdão da mulher cristã condenado à morte por insultar o islã, mas poderá fazê-lo mais tarde, se atrasar por longo tempo na corte de apelaçõesem seu caso, disse um funcionário, na quinta-feira 25 de novembro de 2010.

A Cristã Paquistanesa mãe de cinco, que é a primeira mulher a ser proferida a setença de morte sob a lei de blasfêmia por supostamente falar mal do profeta Muçulmano Muhammad, irá começar a apelar o seu caso logo no final de janeiro.

Harron Masih, o diretor da Masihi Foundation, rotulou a presença de Bibi na tribunal de Lahore como “muito mal aconselhado,” relatou o Fides News Agency.

“Isso iria expô-la aos ataques à tiro dos radicais, como aconteceu com os irmãos Rashid e Sajid Emmanuel, acusados de blasfêmia e mortos durante o processo perante o tribunal em Julho de 2010 em Faisalabad,” advertiu.

Independentemente de o pedido ser aprovado, a Masihi Foundation, a única organização oferecendo assistência legal para Bibi, pretende organizar um comboio para ela se isso se tornar necessário para deixar o complexo de sua cela de prisão.

O Diretor Harron Masih advertiu que “mesmo essa transferência implica grave perigo para sua segurança.”

“Dado os eventos recentes, nós não confiamos nos serviços de segurança oferecidos pelo estado, composto por homens Muçulmanos,” disse ele ao Fides news. “Os terroristas podem infiltrar-se em qualquer oportunidade, ou infiltrar guardas que deveriam estar protegendo ela.”

As autoridades no Punjab Home Department ordenou que ela fosse transferida da Prisão Sheikhpura para a Prisão Multan, uma instalação somente para mulheres, dentro de sete dias, seguindo uma série de ameaças de morte por extremistas contra a vida de Bibi, relatou a AsiaNews nesta terça-feira.

“Nós devemos fazer tudo o que nós podemos para proteger a vida de Asia,” urgiu Masih. “Nós esperamos que, dada a mobilização nacional e internacional, Asia possa logo ganhar a sua liberdade novamente, dada a sua inocência.”

Por Rachel Ford

Traduzido por Amanda Gigliotti

veja também