Avec envia primeira remessa de doações para desabrigados

Avec envia primeira remessa de doações para desabrigados

Atualizado: Sexta-feira, 21 Janeiro de 2011 as 4:09

Há dez dias a Associação Vitória em Cristo (Avec) está envolvida em uma causa que chocou o país: ajudar os desabrigados e desalojados da Região Serrana do Rio de Janeiro, os quais, no dia 12 de janeiro, foram surpreendidos por uma forte chuva que devastou as cidades de Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo.

Em parceria com a Assembleia de Deus Vitória em Cristo, a Avec arrecadou até a última terça-feira (18/01) 18 toneladas de mantimentos, material de higiene e de limpeza, roupas, calçados e água. Um dia depois, a carreta da Associação, carregada de donativos, seguiu para Teresópolis, onde existem hoje mais de dez abrigos e milhares de pessoas sem casa, sem comida, sem água e até mesmo sem esperança de reconstruir tudo o que perdeu.

Os donativos foram entregues na Assembleia de Deus Centro Missionário Cristão, liderada pelo pastor Marcos Basílio. A igreja funciona como uma base de distribuição para os locais mais necessitados em Teresópolis. Diariamente eles entram em contato com os abrigos para saberem os itens que estão faltando e encaminham as doações. Além disso, contam com a ajuda de jipeiros, motoqueiros e voluntários com picape 4 x 4 para levar alimentos, roupas e água para as comunidades mais isoladas e de difícil acesso.

Uma dessas comunidades é Campo Grande, onde se estima que havia cerca de três mil moradores. O local (na foto) foi completamente destruído e evacuado pelos órgãos públicos. Mas como os abrigos estão superlotados, muitos são os que retornam diariamente para tentar recuperar o pouco que sobrou da casa destruída na expectativa de voltar a morar ali. Exatamente por ser um bairro de difícil acesso É que a equipe da Avec se empenhou para chegar à comunidade e levar o que mais necessitavam naquele momento: água mineral.

Ao chegar lá, constatou-se que o que era uma praça e ponto final de ônibus tornou um aglomerado de pedras. Carros e postes retorcidos, casas enterradas até o telhado, móveis espalhados e um mal cheiro fortíssimo. Praticamente tudo soterrado. Após enfrentar 20 minutos de caminhada em meio ao lamaçal foi impactante para a equipe da Avec deparar-se com tanta destruição. O mais emocionante, porém, foi encontrar moradores desabrigados no meio do caminho com a esperança de começar tudo de novo.

Alguns moradores ainda estavam em estado de choque e não tinham forças nem para comentar sobre o ocorrido. Outros, apesar de tudo, ainda estampavam um meio sorriso no rosto porque salvou a tempo seus familiares, como foi o caso de Marco Antônio de Melo, que morava com os pais e cinco irmãos, a maioria casada e com filhos. Ele conta que exatamente à meia-noite começou uma forte chuva e, às 3h da manhã, todos foram surpreendidos por estrondos e uma enxurrada invadindo a casa. “O susto foi muito grande, traumatizante. Foram momentos de aflição que não pareciam ter fim. Mas conseguimos salvar quase todos, com exceção da minha sobrinha.”

Na companhia dos irmãos e com a enxada na mão, Marco retirava a terra que invadiu sua casa, convicto de é possível recomeçar com a solidariedade das pessoas. “Somos muito gratos aos que estão nos ajudando com doações. Vocês não imaginam o quanto precisamos dessa ajuda. Esperamos também que as autoridades invistam recursos para conseguirmos ter novamente um lar para morar”, finalizou.

A Avec continua recebendo doações. O posto de coleta é no estacionamento da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, na Penha (RJ), situada na Rua Montevidéu, 1.191. Na próxima terça-feira, 25 de janeiro, está prevista a segunda viagem da carreta da Avec. Desta vez, para Nova Friburgo ou São José do Vale do Rio Preto. Contamos com suas orações e seu apoio.

veja também