Belém vira sede do "Desperta pelo Brasil"

Belém vira sede do "Desperta pelo Brasil"

Atualizado: Terça-feira, 11 Agosto de 2009 as 12

''Por Ti, darei minha vida''. Foi assim, que o Pastor Valdir Soares, gerente de estratégia da região Norte, iniciou, na noite da última sexta-feira, 7/08, o congresso Desperta pelo Brasil na metrópole da Amazônia. ''Belém é a primeira capital a receber o novo Desperta pelo Brasil'', comemorou o pastor.

O congresso promovido pela Junta de Missões Nacionais (JMN) foi sediado na Primeira Igreja Batista do Pará - que em 2010 completa 113 anos de existência na Amazônia. Foi realizado com o objetivo de mobilizar os Batistas para o avanço do evangelho no País - especialmente no Estado do Pará, o mais populoso da região Norte. ''Temos certeza de que este Estado vai ser diferente quando entendermos o compromisso de dar a nossa vida por aqueles que não possuem o que nós possuímos: Jesus'', comenta Aline Ribeiro, Coordenadora de Mobilização Missionária da JMN.

A programação de abertura da edição paraense incluiu testemunhos de missionários, como o do Pr. Fábio Borges, coordenador do projeto Esperança na Praça, que atua em locais de risco social no Rio de Janeiro. Em sua palavra, ele argumentou: ''Sem atitude não faz sentido dizer um 'amém' quando um missionário sobe aqui para contar um testemunho. É preciso subir o morro, dar a vida''.

O orador da noite e também orador oficial do congresso, Pr. Samuel Moutta, gerente de Expansão Missionária da JMN, incentivou a igreja a assumir seu posto de escolhidos pelo Senhor para ganhar a nação, pois assim como Deus foi com Zorobabel na reconstrução do Templo de Jerusalém (Zacarias 11:4), Ele também é com Seu povo hoje. ''Deus apresenta o desafio a nós da mesma forma que apresentou o desafio ao povo de Israel para a reconstrução do Templo que Salomão construiu. Precisamos alcançar nossa pátria, e de Norte a Sul proclamar que em Jesus há esperança (...) E quem nos chama é o Espírito Santo de Deus'', afirmou o pastor.

Paralelo ao evento, as crianças, entre 5 e 11 anos, também participavam do Desperta Infantil, que com uma programação cheia de histórias bíblicas, momentos de oração e brincadeiras, ouviam da Palavra de Deus e aprendiam um pouco mais sobre o que ser um missionário de Jesus.

Durante a programação do congresso, aconteceram reuniões de grupos temáticos, chamados de minicongressos, coordenados pelos missionários que estão em Belém.

A edição paraense do ''Desperta pelo Brasil'' foi encerrada no sábado à noite, com um culto após as atividades da manhã e tarde, quando foram realizados seis minicongressos sob a liderança dos missionários da JMN. Ao todo, o evento reuniu cerca de 500 inscritos. Porém o número de participantes foi bem maior, considerando o Congresso Infantil, que  atendeu aproximadamente 200 crianças, nas faixas etárias de 5 a 11 anos.

No culto de encerramento, o pastor Valdir Soares fez o reconhecimento da equipe de apoio local, mobilizada e coordenada pela Associação das Igrejas Batistas Belém e Arredores (Abbar), com o apoio da Cobapa e da PIBPA. Pr.  João Augusto, Diretor Executivo da ABBAR, agradeceu a todos que ''permitiram e apoiaram a vinda do Desperta pelo Brasil a Belém''.

No último dia da programação, a Campanha nacional de evangelização de crianças recebeu destaque especial. Seguindo essa temática, a missionária Aidete Brum deu um testemunho do trabalho no Lar Batista David Gomes, onde presta assistência a 51 crianças. Posteriormente, uma parcela de participantes de Congresso Infantil foi à frente para recitar o tema (Despertando seu amor por Missões) e cantar o hino do encontro (Jesus), realizado na escola estadual Orlando Bitar e na PIBPA. As atividades foram compostas por brincadeiras (Kid Games), oficinas de libras, teatro e momentos de oração.

Embora não estivesse no evento, por causa do delicado estado de saúde do pai, pr. Fernando Brandão, diretor-executivo da JMN, falou por telefone aos congressistas. Ele lamentou e explicou a ausência, mas deixou palavras de incentivo e desafio aos congressistas. ''A Obra Missionária não pode parar, precisamos evangelizar ... se falharmos, muitos vão perecer nas trevas'', lembrou.

O preletor oficial do ''Desperta pelo Brasil'' em Belém, Pr. Samuel Moutta, Gerente de Expansão Missionária da JMN, trouxe uma mensagem de encerramento baseada em Gênesis 22, que narra a obediência de Abraão a Deus, que pediu o sacrifício do filho único do ''pai da fé''. Pr. Samuel fez um paralelo da história com obra missionária, que exige do crente o ''despojamento de tudo'' para cumprir o ide de Cristo.

Após o apelo missionário, o ''Desperta pelo Brasil'' teve encerramento com a congregação cantando Minha Pátria Para Cristo em um estilo que lembrava o carimbó, um ritmo regional. A iniciativa  do Congresso foi, segundo a avaliação das lideranças locais, de grande inspiração e motivação paro o crescimento do evangelho Batista no Pará.

Imagem: JMN

veja também