Brasileiros na Albânia distribuem os primeiros livros missionários

Brasileiros na Albânia distribuem os primeiros livros missionários

Atualizado: Terça-feira, 5 Julho de 2011 as 10:25

No topo de uma das montanhas de Korçë, cidade albanesa onde evangelistas brasileiros realizam durante este mês uma versão internacional da Missão Calebe, fiéis de várias nacionalidades se reuniram ao pôr do sol da sexta-feira, 1 de julho, para um ritual de adoração cristã ao final de um extenso dia de ação missionária. Participaram da cerimônia, além dos brasileiros, um pastor croata, um voluntário sueco que trabalhou na construção do primeiro templo adventista da Albânia, em 1994, e vários albaneses. O clima devocional da reunião, marcada pelas orações em favor das famílias que receberam os primeiros livros distribuídos pelos “Calebes”, sinalizou a importância espiritual da experiência de 29 jovens que dedicaram as férias para esta missão internacional.

No primeiro dia de trabalho, os evangelistas entregaram três mil exemplares em tradução albanesa do livro Sinais de Esperança, do pastor Alejandro Bullón. No dia seguinte, 2 de julho, houve a distribuição de mil exemplares do livro, no bairro onde fica a congregação adventista. Nesta ocasião, os brasileiros tiveram a companhia de jovens adventistas da cidade de Tirana, capital do país, que vieram participar da campanha. “A Igreja está emocionada com esta experiência inesquecível”, disse o pastor Leo España, presidente da Igreja para a Albânia.

  Entre os coordenadores da campanha, um dos experimentam forte emoção é o empresário Paulo Vaz. Em 1990, ele ouviu falar pela primeira vez na Albânia. Ouviu sobre a história de mártires que sofreram para evangelizar o país, sob a intolerância religiosa de um violento regime comunista.

  Com a queda do comunismo, Paulo Vaz financiou, um tempo depois, a manutenção de um evangelista na Albânia. O pastor Oliveiros Ferreira, presidente da Igreja Adventista para a região central de São Paulo, aceitou o desafio e decidiu morar no país, junto com a família.

  Foi a partir desta decisão que o adventismo consolidou suas raízes no país, com a construção do templo adventista de Korçë – a primeira igreja evangélica da Albânia. “Assim como aconteceu comigo, o Espírito Santo escolheu vocês para viverem esta batalha”, disse Vaz, visivelmente emocionado, para os jovens estudantes empenhados na histórica missão evangelística.

  A campanha missionária, coordenada pela liderança da Igreja Adventista da região central de São Paulo, permanecerá em Korçë até 17 de julho. Estão previstas atividades sociais e espirituais. Para o pastor Oliveiros Ferreira, o impacto é histórico para os albaneses, que recebem uma ação capaz de fortalecer a Igreja no país, e também para os jovens brasileiros, que poderão descobrir o real sentido da atividade missionária. "Quando Deus nos criou ganhamos dois presentes: a vida e a vocação. A vocação é maior e mais importante que a própria vida", declarou o líder.

veja também