Campanha tem o objetivo de despertar as igrejas a atenderem o chamado do Senhor

Campanha 2012 da JMM é lançada na Noite Missionária

Atualizado: Quinta-feira, 26 Janeiro de 2012 as 2:41

Vocacionados. Este foi o grande clamor da Noite Missionária, realizada nesta segunda-feira (23) durante a 92ª
Assembleia da Convenção Batista Brasileira, em Foz do Iguaçu/PR. As duas agências missionárias da CBB – as Juntas de Missões Mundiais e Nacionais – prepararam uma emocionante programação com louvor, coreografia, vídeos e testemunhos de pessoas do Brasil e do mundo que foram transformadas pelo poder de Deus. Tudo preparado com um objetivo maior: despertar as igrejas a atenderem o chamado do Senhor.

Esta mobilização dos batistas brasileiros para a obra de evangelização mundial acontece durante a Campanha 2012 da JMM, apresentada oficialmente na Noite Missionária, que reuniu um público de cerca de 4.500 pessoas no Complexo Rafain.

O Diretor Executivo da JMM, Pr. João Marcos Barreto Soares, falou das necessidades dos campos mundiais. Ele citou os mais de 3.000 povos que nunca ouviram a Palavra de Deus.

“Desafiamos você a orar e seguir para a China, o Paquistão, Indonésia e vários outros países resistentes ao Evangelho’, disse o Pr. João Marcos.

A JMM quer dar a todos os batistas brasileiros a oportunidade de cumprir a Grande Comissão. Para isso, o executivo anunciou a criação, em breve, do projeto Radical Senior e Radical Ásia. O trabalho é intenso para aumentar a força missionária mundial.

“Temos potencial para ter 2.000 missionários em 5 anos”, disse o pastor.

Mais uma vez, as Juntas Mundiais e Nacionais reforçaram a ideia do trabalho em conjunto. Brasileiros são alcançados no exterior, e estrangeiros evangelizados no Brasil. 

“Juntos nós somos mais fortes”, disse o Pr. Adílson Santos, coordenador dos Missionários Mobilizadores da JMM, e um dos apresentadores da Noite Missionária.

Para a Ásia, além de vocacionados, o Pr. Dawei falou das necessidades do Projeto Água para os Sedentos, que por enquanto é desenvolvido em apenas um país, mas que tem tudo para virar um programa e chegar a outras nações. Já em maio, mais um país será beneficiado pelo projeto.

“Precisamos de muita oração. Para este ano, o projeto necessita de 1.000 filtros e 200 cisternas. Queremos também chegar a 18 obreiros da terra sustentados pela JMM até o final deste ano. Hoje temos oito”, relatou o missionário.

Segundo o Pr. Dawei, para cada cisterna ou filtro instalado, uma família será evangelizada. Um filtro custa o equivalente a R$ 50,00 e uma cisterna, cerca de R$ 1.000,00. 

Ao final da Noite Missionária, o executivo da JMM se juntou ao executivo da JMN, Pr. Fernando Brandão, e fizeram o apelo por vocacionados. Várias pessoas atenderam ao chamado e foram aconselhadas por pastores das duas agências. Os convencionais também fizeram suas doações. O valor arrecadado será dividido entre as Juntas.

Uma verdadeira festa tomou conta do Complexo Rafain. Com as luzes apagadas, todos acenderam as lanternas da campanha Seja Luz e louvaram ao Senhor. Grandes bolas com a palavra “PAZ” foram lançadas à plateia. 

Nesta terça-feira (24) acontece o encerramento da 92ª Assembleia da Convenção. A programação acontece ao longo de todo o dia e termina com um culto e o louvor de Fernandinho. O cantor participa da obra de evangelização dos povos através da adoção de projetos como o Por um Novo Haiti.

veja também