Caravana missionária para o Haiti está encerrando inscrições

Caravana missionária para o Haiti está encerrando inscrições

Atualizado: Terça-feira, 16 Março de 2010 as 12

Diante das grandes necessidades vividas pelo Haiti, que mesmo antes do devastador terremoto de 12 de janeiro já era considerado o país mais miserável das Américas, a Junta de Missões Mundiais programou mais duas caravanas àquela nação para este ano. A primeira será em abril, entre os dias 16 e 27, específica para profissionais das áreas de saúde (médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, odontólogos e psicólogos) e de interpretação da língua francesa.

Nessa caravana o trabalho será feito em um hospital de Porto Príncipe, capital do país, e em uma cidade do interior. A hospedagem será na capital, em local seguro e limpo. Como as igrejas haitianas têm quase nada a oferecer, os custos da viagem girarão em torno de US$ 2,000.00 (incluindo os gastos com passagens, hospedagem, alimentação e vistos). O embarque será feito no dia 15 de abril, a partir de São Paulo. Os voos serão por Santo Domingo, capital da República Dominicana, por causa da interdição do aeroporto de Porto Príncipe e por segurança. O trajeto até a capital haitiana será feito de ônibus.

A segunda caravana acontecerá na primeira quinzena de outubro, e terá como foco o trabalho com esportes, além de atendimento médico, trabalho com crianças e treinamento de líderes. As despesas e características dessa ação serão semelhantes às da caravana de abril.

Segundo um dos líderes destas caravanas, Pr. Mayrinkellison Wanderley, a escolha dos meses de abril e outubro foram estratégicas por serem estes os períodos de melhores condições climáticas no país para se realizar o trabalho.

Para ser voluntário em uma dessas caravanas, é pré-requisito ser membro de uma igreja evangélica há mais de 1 ano. Os interessados devem escrever para o e-mail [email protected]  com o título: ''Caravana para o Haiti em abril'' ou ''Caravana para o Haiti em outubro'', segundo sua opção, para obter mais informações e se inscrever. As vagas são limitadas!

Por Marcia Pinheiro

veja também