Children Asking atende crianças e situação de risco em todo o país

Children Asking atende crianças e situação de risco em todo o país

Atualizado: Terça-feira, 28 Setembro de 2010 as 4:24

Foi enquanto traçava um retrato sobre a situação de risco das crianças brasileiras para a Organização das Nações Unidas que o holandês Eric Visser teve seu coração quebrado e entregou sua vida a favor de cuidar de muitos meninos e meninas que atualmente vivem em favelas.

Em 2002 enquanto visitava a favela de Tiquatira para sua pesquisa ele encontrou uma garota de 9 anos que o deixou quebrantado e surpreso.  “Conversei com ela no barraco onde morava sobre qual seria a expectativa dela pelo seu futuro e fiquei espantado porque não existia expectativa alguma. A única perspectiva da garota era vender balas e refrigerantes no trem ou se entregar a prostituição. Isso me deixou muito triste” conta Eric.

Ao sair dali algo muito forte queimou no seu coração e ele decidiu que iria doar toda sua vida a serviço do Reino e ajudar aquelas crianças. “Voltei para minha casa na Holanda e falei com a minha esposa que iríamos vender tudo o que tínhamos e doar tudo a Deus e ela muito surpresa respondeu Amém” diz ele.

Eles venderam sua casa e investiram tudo que tinham na fundação Children Asking, fundada em 16 de maio de 2003.

Inicialmente a Children Asking tinha como objetivo estimular a solidariedade com estas crianças através de círculos de correspondência. Foram recrutados tradutores voluntários entre os refugiados que falavam Português e assim foi construída uma rede de adolescentes que correspondiam um com o outro. Logo em seguida vieram os pedidos de ajuda.

Projeto PEDE - Programa Educacional de Desenvolvimento Escolar

No ano de 2002, comovido pelas necessidades escolares das crianças da comunidade da Vila Itaim, São Paulo, Eric pediu a Magda Gomes para dar aula ara elas, antes ou depois do horário da escola. Para atender um número maior de crianças, foram formadas turmas em diversos horários por dia, 4 vezes por semana.

O trabalho começou a ser feito sobre os seguintes pilares: a educação cristã, a cultura brasileira (datas comemorativas), alfabetização, matemática, leitura, desenvolvimento social e emocional, oferecendo um ambiente positivo de aprendizagem, o que inclui regras e organização claras. “Eu acredito que o desenvolvimento social e espiritual tem que andar juntos, se ensinar o caminho correto pela qual a criança deve andar ela vai retransmitir essa mensagem e é por isso que trabalhamos os dois lados em conjunto.” afirma Visser.

O projeto cresceu de forma planejada e com características sólidas para ser implementado em outros lugares, em 2008 a Children Asking começou então o trabalho de desenvolvimento do programa de forma mais sistemática, resultando no primeiro Curso de Formação de Missionários Facilitadores para os PeDe´s no Rio de Janeiro e em São Paulo no início de 2009. “Não queremos tomar lugar dos brasileiros, nós holandeses não viemos para ocupar o espaço de ninguém. Estamos no país deles e cuidando das crianças deles e viemos para ajudar e dar suporte aos brasileiros, então quando uma igreja faz parceria com nosso projeto ela se torna dona dele podendo ter liberada para trabalhar de forma independente.” Explica Eric.

Hoje o PEDE é formado por uma rede de coordenadores responsáveis por implementar e treinar as igrejas e ministérios interessados no programa e é mantido por uma rede de doadores da Holanda. “Estamos montando uma rede de doadores do Brasil” finaliza ele.

Por: Pollyanna Mattos

veja também