China: Polícia e fazendeiros perseguem idosos cristãos

China: Polícia e fazendeiros perseguem idosos cristãos

Atualizado: Segunda-feira, 11 Janeiro de 2010 as 12

No dia 25 de dezembro de 2009, os fazendeiros de Puhui e diversos policiais prenderam idosos e voluntários cristãos na cidade de Korla, em Xinjiang. Assim como muitos outros cristãos ao redor do mundo, a igreja não registrada Corps estava celebrando o Natal. Durante a celebração, um grupo de fazendeiros e policiais invadiram a reunião. O chefe da segurança, Yu Fagan, prendeu Wang Qiuyue, uma viúva de 71 anos, cristã a mais de 45 anos. Yu Fagan a jogou contra uma viatura, como se fosse um saco de lixo. O grupo usava gorros com o nome de "Polícia do Povo". Eles destruíram e queimaram toda a mobília da irmã Wang.

Em outro triste acontecimento, seis fazendeiros e policiais invadiram a casa de He Cuiying. A irmã He tem 69 anos, e é hemiplégica (sofre de paralisia em dos lados do corpo).

Naquele mesmo dia, duas líderes cristãs, já idosos, haviam entregado folhetos evangelísticos para membros de sua comunidade. Um fazendeiro descobriu a mulher que estava entregando os panfletos, e a "Polícia do Povo" prendeu os cristãos envolvidos.  Nie Jiping (56), Huang Ying (46), Zhou Xia (39) e Wang Youling (46) receberam multas de 5.000 yuan cada um, sem acusações formais. O fazendeiro os alertou que eles não poderiam participar de futuras reuniões ou atividades cristãs, e que não poderiam se encontrar com outros cristãos.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também