Cidade de Jaci Paraná é impactada pelo Evangelho

Cidade de Jaci Paraná é impactada pelo Evangelho

Atualizado: Quarta-feira, 14 Julho de 2010 as 11:44

Há cerca de 80 Km da capital de Rondônia, Jaci Paraná, com seus 18 mil habitantes, recebe uma equipe da Trans para revitalizar um trabalho batista na região onde está sendo construída uma das maiores usinas hidroelétricas do país. O desafio que esta equipe está enfrentando é apresentar Jesus para pessoas vindas de todas as partes do Brasil, que migraram a fim de tentar a "sorte" em uma cidade que tem despontado como uma "grande oportunidade". Junto com o crescimento, vem também toda a possibilidade de degradação humana. A prostituição tem se apresentado fácil para as centenas de funcionários da usina que já ocupam a região.

À frente do trabalho batista em Jaci Paraná, junto com um pequeno, mas valoroso grupo de irmãos que já faz parte da igreja, está o Pastor Efraim e a irmã Marina, missionários da Junta de Missões Nacionais. A equipe que tem atuado na cidade é composta por 10 irmãos que têm colaborado muito para o avanço da obra. Entre todas as atividades realizadas, destacamos o projeto de "Musicalização Infantil"  trazido pela ministra de música da PIB da Praia da Costa, ES, Sabrina Fernandes. Apoiada pela igreja e pela Associação de Músicos Batistas do ES, da qual é a atual presidente, Sabrina trouxe para doação ao projeto várias flautas e uma bandinha rítmica completa. "Enquanto aprendiam música, as crianças eram evangelizadas", compartilhou o missionário Efraim.

Como resultado parcial do trabalho da equipe, ao final da primeira semana, a trans contabilizou 50 decisões de adultos e quase 300 de crianças. O irmão Ezequias, vice-moderador da SIB de Ji-Paraná, que também atua como voluntário nessa equipe, disse, emocionado: "Nunca mais perco um oportunidade dessas, estou participando de uma experiência íntima com Deus que há muito tempo não sentia em minha vida."

O templo que está sendo construído já está quase terminado, sendo pré-inaugurado com a projeção do Filme Jesus, no último sábado, onde a equipe recebeu um ônibus com um coral, vindo da PIB de Porto Velho, que é a igreja-mãe do projeto. Essa caravana, que também vestiu a camisa do projeto, liderada pelo pastor Shirleyton, fez um trabalho de impacto, abrangendo Ação Social e evangelização. A alegria de cada integrante demonstrou a importância da interatividade com o campo missionário. "Missões não é só contribuição financeira", afirmou a irmã Fabiola Molulo, coordenadora da Trans Rondônia. "Era visível a alegria daqueles irmãos naquela ação missionária, e muitas igrejas do Brasil Batista precisam experimentar isso", afirmou a missionária.

"Orem, amados irmãos, compartilhem esse momento tão especial onde temos provocado e completado a alegria de almas que se entregam aos cuidados de Deus, em nossa querida Rondônia", conclama o pr. Lourimar Vilarinho, coordenador local do projeto.

veja também